Muito além do descontentamento

Não podemos deixar como está, e queremos mesmo mudar o que está ruim, e para isso temos que ir além da frustração e do descontentamento. Temos que colocar aquela energia e dar o impulso para mudar o que tem que ser mudado.

Quando nos sentimos descontentes com a vida, ficamos impregnados com a negatividade. Nos falta aquela energia positiva e otimista que necessitamos para corrigir, mudar o rumo, virar o barco para outra direção.

Mudar nem sempre é fácil, pois nos sentimos como um transatlântico que navega numa direção indesejável para o qual a mudança de rumo acontece muito lentamente.

Perceber o seu descontentamento é o primeiro passo, enxergar o que tem que ser feito para corrigir é outro passo importante. Talvez o maior deles seja, depois de tudo isso, se colocar em movimento para mudar.

Funciona como a mudança de residência. Primeiro assumimos que precisamos mudar, depois definimos para onde queremos mudar. Tomadas todas as medidas burocráticas, quando encosta o caminhão da mudança, temos que colocar a mão na massa, e o trabalho pesado chega a desanimar.

Mudanças para melhor:

A vida é mesmo assim, vivemos mudando alguma coisa, mas sempre para melhor. Temos que caminhar para frente, rumo ao futuro promissor, na direção dos nossos sonhos e projetos.

Ficar reclamando da vida e dos resultados indesejáveis não é nada produtivo. A única coisa capaz de mudar a nossa vida é a ação concreta na direção do destino desejável.

Mudar exige energia e determinação, além de uma visão clara de onde se quer chegar.

Aqueles que se habituaram a conduzir mudanças na vida já conhecem o benefício de corrigir rumos e experimentar coisas novas. Enquanto aqueles que se recusam a se levantar do sofá e abandonar o controle remoto podem descobrir muito tarde que deixar a vida no piloto automático cobra muitos pedágios ao final do trajeto.

Não se deixe influenciar com resultados indesejáveis, se anime com a vida, abandone o conforto do sofá e vá à luta.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked