Muita energia nos buracos negros.

Fazemos coisas na nossa vida que é como se colocássemos energia em buracos negros, não vemos qualquer benefício, é como se jogássemos toda a energia fora.

Isso não acontece sem ônus para cada um. As pessoas se sentem esgotadas, enfraquecidas, impotentes e incapazes.

Você está cansado de estar cansado?

É como se passássemos o dia todo tentando empurrar uma montanha com as próprias mãos.

Assim acontece quando ficamos procurando desculpas pelo fracasso, ao invés de aprender com a experiência e seguir adiante.

Também ocorre o mesmo quando procuramos alguém em quem colocar a culpa pelo que deu de errado.

Quando ficamos nos comparando com os outros como se estivesses numa corrida de cavalo, sendo nós mesmos os cavalos.

O espírito precisa ser nutrido de energia, mas não há energia que chegue já que os buracos negros são tantos.

O espírito padece por falta da energia vital. É preciso uma revitalização.

O segredo é ir tapando os buracos negros um a um.

Aprenda a lição e siga adiante – não procure culpados e não se culpe – um buraco a menos.

Não fique se comparando aos outros e desça da esteira hedônica – um buraco a menos.

Faça as coisas que te motivam e pare de correr atrás do próprio rabo.

Tire a sua atenção nos outros e preste atenção no seu crescimento pessoal.

Deepak Chopra faz uma pergunta instigadora: como podem duas pessoas numa mesma sala, uma deprimida e esgotada e outra animada e positiva?

As fontes de energia estão disponíveis para todo mundo. Alguns as utiliza para o seu próprio bem, outros jogam fora nos buracos negros.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta