Mentir dá trabalho.

Às vezes pensamos que falar a verdade dá trabalho, mas saiba que mentir dá um trabalho enorme.

Aquele que mente, conta uma coisa diferente a cada situação, e quando questionado, precisa se lembrar de qual mentira estamos falando.

Quem fala a verdade tem sempre as palavras na ponta da língua.

Disse o escritor Mark Twain: diga sempre a verdade e você não terá que se lembrar de nada.

Mentira tem perna curta:

Dizem que a mentira tem perna curta, pois o trabalho que dá sustentar a mesma mentira é enorme, e acabamos nos revelando, contando a mesma mentira na versão B, depois C, e assim fica evidente que estamos mentindo. Dizem por isso que o mentiroso tem que ter uma boa memória, mas eu acho que aquele que tem uma boa memória está fazendo o pior uso dela, arquitetando as mentiras.

Mas o pior da mentira não é o trabalho que dá, mas a degeneração que ela processa na nossa imagem.

Quem mente não consegue concretizar os projetos, simplesmente porque as pessoas deixaram de acreditar nos seus prognósticos, nas suas afirmações.

Os relacionamentos ficam prejudicados, e o pior é que a pessoa que mente acaba acreditando na sua própria mentira.

Vive portanto, um mundo falso à parte, o mundo falso da própria mentira.

Mentir faz mal?

E será que mentir só um pouquinho faz mal?

É melhor omitir alguma coisa, ou se calar, do que contar uma pequena mentira.

Não há essa coisa de mentira branca, sem malícia, como nos ensina Sisela Bok no seu livro Lying: Moral choice in public and private life.

A mentira sempre tem o objetivo de enganar, e carrega sempre alguma informação. O mentiroso sempre sabe que aquela informação é falsa.

Mesmo que a informação se revele finalmente como uma verdade, a mentira foi caracterizada pela intenção de enganar.

Prefira sempre a verdade, e valorize viver num mundo verdadeiro e confiável.

Uma vida de mentiras é uma vida controlada, com um futuro promissor, ao passo que uma vida de mentiras é totalmente imprevisível, tudo pode acontecer, e o pior é de todo possível.

A mentira se torna um hábito e corrói o espírito da pessoa.

Nunca tenha a mentira na sua caixa de ferramentas. Evite ao máximo, e adote como uma postura ética verdadeira.

Vai te fazer bem, e você vai se sentir bem.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta