Lidando com as colisões humanas.

Na nossa vida estamos vez por outra colidimos com as pessoas, sejam nos relacionamentos, nas opiniões, nas atividades, enfim, não há como agradar a todos. Precisamos aprender a lidar com encontrões muitas vezes involuntários.

Há pessoas que ficam iradas por qualquer coisa, e basta um esbarrão para ficar de cara amarrada pelo resto do dia.

Outras são capazes de relevar, atribuir importância adequada para cada situação. Mas sei que somos capazes de contrariar e mesmo de ofender as pessoas, e há muitas formas de lidar com isso.

A primeira providência clara é reconhecer o incômodo que causamos e se desculpar imediatamente. Quando isso acontece em público, em meio a outras pessoas, é importante se retratar ali mesmo, na frente de todos.

Ofensas:

Quando deixamos para se desculpar reservadamente, o efeito não é o mesmo. Ofender em público e se desculpar reservadamente não é totalmente honesto.

Mas temos o outro lado, quando nos ofendemos, nos chateamos com as outras pessoas nas situações do cotidiano.

Temos que dar a importância que o evento merece, e não fazer tempestade em copo d’água, ou revidar ao menor movimento contrário.

O bom relacionamento exige flexibilidade e uma certa tolerância. Não devemos exigir que as pessoas sejam perfeitas, até porque nós não somos.

Temos que desculpar e perdoar as pessoas, evitando carregar na mente e no coração um rosário de desafetos e contrariedades.

O coração leve nos torna uma pessoa agradável e querida nos meios sociais. No entanto, a pessoa muito dolorida, contrariada e revoltada, acaba expulsando os próprios amigos. Ninguém gosta de conviver com pessoas que vivem reclamando das outras, praguejando e fazendo um cavalo de batalha em cima de pequenas coisas.

Podemos dar muitos encontrões no nosso caminho, mas reconhecer, se desculpar e cuidar para que não seja contumaz, faz muita diferença na qualidade das interações humanas.

R.S. Beco

1 Comentário

Maria José N de Mendonça

about 4 anos ago

Esta mensagem me fez refletir sobre minhas atitudes. Obrigada!!!!

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta