Já passou.

Que alívio saber que já passou.

O pior já passou, agora é tocar a vida adiante.

No trajeto da vida, às vezes somos atingidos por uma tempestade repentina, ficamos desabrigados, esgotados, e não raro com a auto-estima lá embaixo.

Dê uma parada para respirar, recuperar o fôlego.

Um dia de cada vez.

Assuma aquilo que você consegue dar conta.

Não crie expectativas irreais sobre o que você consegue fazer – você não vai transformar o mundo, o que não te impede de ser feliz.

Cuide de si próprio – passada a tempestade, restam dores residuais e alguns machucados para curar.

Se permita entristecer com as coisas ruins que passaram, mas não se deixe abater – a vida que segue.

Cuide da saúde, da alimentação, do repouso adequado.

É bom compartilhar com alguém de confiança a experiência pela qual acabou de passar.

Alguma coisa nova nasceu da crise. Preste atenção, identifique, e se for boa, cultive e deixe-a crescer.

Oportunidades podem emergir da crise.

Após a tempestade, saímos transformados e fortalecidos – deixe o novo chegar – aceite, aproveite.

Volte e retome a sua vida normal tão logo seja possível.

Não evite as pessoas e não tenha constrangimento de contar sobre a crise.

Não se isole e não bloqueie seus sentimentos como forma de proteção.

Há vida lá fora.

Beco

1 Comentário

Eli Lima

about 7 anos ago

Muito bom! É isto. tudo passa. Obrigada pela contribuição. Fique bem.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta