Fique perto dos amigos e usufrua do conforto das boas companhias

Fique perto dos amigos e usufrua do conforto das boas companhias

Experimentamos altos e baixos na nossa caminhada, e a vida não é sempre um mar de rosas. Ninguém está livre de enfrentar perdas traumáticas e dificuldades expressivas. Várias providências podem nos ajudar a navegar por um período de intenso sofrimento e sobreviver. Voltar-se para a espiritualidade é uma boa opção. Buscar o conforto do ombro amigo, do convívio dos verdadeiros amigos é essencial.

Podemos e devemos buscar o apoio social necessário para levantar a cabeça e tocar a vida em frente mesmo com todas as adversidades que nos afligem.

Já comentei em outra postagem: para que servem os amigos.

Amigos:

Aproveite para fazer um balanço dos seus amigos.

-Você está aberto às amizades? Que tipo de bloqueio você tem que interfere nos relacionamentos? Que barreiras valem à pena remover?

-Tome a iniciativa – não espere que os outros dêem o primeiro passo.

-Preste atenção nas pessoas e mostre interesse. Se comprometa.

-Seja transparente. Se você quer amigos de verdade, é preciso que eles te conheçam.

-Aceite os outros. Deixe-os ser como são. Não faça um script para cada um deles.

-Não crie dependência emocional com ninguém. Uma amizade real preserva a independência de cada um.

-Invista nas amizades, e elimine a competição desnecessária.

-Crie intimidade tanto para confrontar como para aconselhar.

-Saiba os limites de cada um. Reconheça quando alguém te pede além da conta. Respeite os limites pessoais.

Saiba também identificar aqueles que te empurram para cima e aqueles que te puxam para baixo.

Guarde distância daqueles que não negam o seu apoio, te trazem problemas e te incluem nos próprios problemas.

Busque a proximidade dos que te fazem uma pessoa melhor, que contribuem para o seu crescimento.

A ajuda mútua e a confiança constroem boas amizades, e nem precisa manter um cadernos de notas da reciprocidade, pois sentimos no fundo do coração quando estamos sendo incluídos ou excluídos, ajudados ou explorados.

Sinta o conforto das boas companhias, a segurança de uma vida fortalecida na amizade duradoura.

Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta