Faça diferente

Faça diferente

Faça diferente. Tente de uma outra maneira, uma outra coisa, faça de maneira diferente e veja o resultado. Você pode se surpreender.

Muitas vezes insistimos em fazer da mesma maneira, esperando resultado diferente, e acabamos decepcionados mais uma vez.

Mesmo quando a razão nos indica que está errado, é sempre mais fácil insistir em algo que já nos acostumamos a fazer. Temos que quebrar esse ciclo vicioso de cometer os mesmos erros.

Fazer diferente pode abrir a nossa mente para uma informação nova que está querendo mostrar a cara.

Faça diferente:

Faça um outro trajeto retornando para casa. Almoce em outro restaurante. Peça um prato diferente. Experimente algo diferente. Saia da rotina e aprecie este momento. Ao experimentar o diferente, vai se dar conta de quanto ficamos anestesiados pela rotina diária.

A rotina do trabalho pode ser massacrante. Falamos com as mesmas pessoas, repassamos os mesmos pensamentos e a mesma lista do que fazer. As dificuldades nos parecem ser as mesmas do ano passado. Temos a nítida impressão de que já discutimos a mesma coisa em outra oportunidade.

Tome alguma providência também no ambiente de trabalho. Faça alguma coisa inusitada e descontraída.

O relacionamento afetivo é dos mais afetados pela rotina. Pense em algo diferente de vez em quando. O ser humano tem uma enorme capacidade de adaptação hedônica, e isso inclui os relacionamentos. Mesmo no casamento que é uma coisa séria, nos acostumados e caímos na rotina.

Entenda que a dificuldade para sair da rotina é ancestral. É possível que o desenvolvimento da raça humana tenha como base se fixar em rotinas consagradas como forma de sobrevivência. Mas é fato também que estamos no carrossel da adaptação hedônica. Uma nova situação pode trazer um bem-estar no momento, mas será neutralizado muito rapidamente pela apatia e pelo tédio.

Faça um pouquinho diferente, só para experimentar.                                                                                                                                                Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta