Evite o conforto da mentira.

Não fuja da verdade, mesmo que ela lhe pareça mais desconfortável.

Podemos ficar tentados a preferir o conforto da mentira, mas é um conforto ilusório, pois estamos pedindo para ser enganados sempre. As pessoas entenderão que preferimos a mentira, e é o que nos servirão daqui pra frente.

A verdade pode incomodar, pode doer, mas desde que os conflitos sejam administráveis, devemos preferir a honestidade da verdade.

Muita sinceridade pode atrapalhar, sabemos disso, pois evitamos dizer coisas sobre os outros, sem aplicar o devido filtro e o juízo adequado.

Evitando a verdade:

Evitamos na verdade o que pode parecer uma falta de educação, falta de tato e sensibilidade, mexendo com características pessoas e emoções das pessoas.

Devemos evitar dar opiniões gratuitas sobre os outros, o que não vai ser interpretado como omissão ou falta da verdade.

Mas podemos lidar bem com a verdade e a mentira, com discernimento, sem faltar com a honestidade.

Às vezes evitamos falar a verdade para as pessoas, pois elas resistem, conflitam e são até agressivas – nestes casos, devemos evitar o conflito.

Pessoas são enganadas:

Muitas pessoas são seguidamente enganadas, pois recebem com muita agressividade a verdade.

Outra história diferente e quando nós mesmos preferimos ficar com a mentira, que é o que chamo do conforto da mentira, e isso pode ser danoso.

Não queremos viver uma vida de mentiras e falsidades. A vida é real e não queremos viver num mundo de faz de conta, onde tudo é cor de rosa. Muitas vezes, a verdade nos permite tomar uma atitude e iniciativa urgente.

No final, a verdade é confortável, evita dúvidas, mal entendidos, e os pequenos conflitos devem ser administrados.

Temos que aprender a conviver bem com a verdade, e refugar a mentira tanto quanto possível.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta