Eu devia fazer…

Nem percebemos, mas fazemos muita cobrança para nós mesmos.

Fazemos isso todos os dias, todo momento.

Toda vez que você se pegar pensando: eu devia fazer…

Coloque uma atenção redobrada nos pensamentos, pois aí deve estar um caminhão de cobranças para si mesmo.

É diferente das coisas que pretendemos fazer, pois aí, é uma lista igual aquela de supermercado – vou isso, vou fazer aquilo.

Coisas para fazer:

É melhor uma lista pequena do que vou fazer, que uma lista longa de coisas que eu devia fazer.

Eu não devia me sentir assim. Eu devia estar preparado para lidar com isso. Eu devia fazer isso melhor.

A vida já nos impõe carga e pressão suficiente, não precisamos nos cobrar com tanta insistência.

A pressão te coloca para baixo. Se imagine carregando um saco de 50 kg. Os passos vão ficando curtos, os ombros vão se curvando e você vai agachando e logo está no chão.

Tire um pouco dessa cobrança de si mesmo. Seja mais gentil e honesto, e tire essa carga de cima dos seus ombros.

Não dê ouvido para as cobranças irracionais que ouve dos outros. Você devia trocar de carro – você devia mudar de emprego.

Sem perfeccionismo:

Alivie esse seu perfeccionismo. A vida não é perfeita mas é boa.

Você não é perfeito, mas dá conta do recado, enfrenta os problemas com bravura.

Fique bem com seus erros, desde que consiga tirar lições valiosas de cada um.

Simplesmente faça, coloque as mãos na massa, siga o seu instinto, seus pensamentos.

Mesmo no meio de tanta confusão, é possível respirar fundo, dar um sorriso e tocar adiante.

Somos felizes enquanto tentamos, erramos, acertamos e evoluímos.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked