Eu aceito.

Temos sempre o desejo de que as pessoas nos aceitem como somos, mas somos os primeiros a querer mudar as outras pessoas.

As coisas não são como eu quero, mas eu aceito.

As pessoas não se comportam como espero, mas eu aceito.

A aceitação não é resignação, apatia ou relaxamento, mas aceitar que não somos os donos do poder e não somos sequer ajudantes de Deus.

Muita infelicidade vem da não aceitação da vida como ela é. Isso não quer dizer que não devemos lutar pelo que queremos.

Se imagine com um saco de balas ou doces, oferecendo a uma criança. Após receber o primeiro doce, a criança reclama, pragueja, critica.

Você desconsidera completamente os comentários da criança e continua oferecendo mais.

Ou você entende que ela não gostou do que recebeu e para de oferecer.

A aceitação nos faz gratos pelo que recebemos, nos tornando aptos a receber mais.

Não precisamos ficar lutar contra tudo e contra todos e o retorno é sempre o medo a raiva e a culpa.

Para viver a vida em paz é preciso aceitar.

O mundo não é perfeito, aliás, nem nós somos.

A aceitação abre as portas do nosso crescimento.

A aceitação permite que sejamos ajudados.

A oração da serenidade é uma lição fantástica para exercitar a aceitação.

Nada, nem ninguém consegue ajudar, se não aceitamos a nossa condição nesse mundo.

Resistir é o resultado da não aceitação, e na maioria das vezes é uma perda de tempo e de energia.

O que resiste persiste, como já comentei em postagem anterior.

Aceite sem submissão, aceite de coração.

Não aceite com arrogância, se julgando maior que tudo – o que vem de baixo não me afeta.

Aceite com um distanciamento emocional, as coisas que estão fora do seu controle.

A aceitação só acontece com a confiança em si mesmo, a confiança no mundo que nos cerca, e a confiança numa Força Superior.

A falta de aceitação não só mantém um sentimento negativo, mas traz um rosário de comportamentos negativos, a queixa, as reclamações, a culpa, as críticas, as desculpas, a revanche, a raiva e a vingança.

Por outro lado, a aceitação traz consigo a compreensão, a tolerância, a serenidade, o amor, a compaixão e a gratidão.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta