Entenda o que se passa contigo.

A vida é uma jornada de crescimento, e de repente, temos uma surpresa com nós mesmos.

De repente deixamos de gostar de batatas fritas e passamos a apreciar mais o brócolis, isso dito metaforicamente.

Amadurecemos, nos tornamos adultos mais compreensivos, e muita coisa perde o sentido, e outras tantas passam a fazer todo sentido.

O que desejo? O que quero da vida? O que espero da vida? O que me atrai no momento?

Perguntas:

Nos vemos refazendo tais perguntas a si mesmo, na busca de novas respostas, pois não somos aquela pessoa imatura de outro dia.

As alegrias, as realizações e especialmente as adversidades, moldaram uma outra pessoa, de ontem para hoje.

De repente quero ser útil, quero dar um pouco de mim para o bem da humanidade.

Sinto uma urgência para ajudar, ser generoso, e isso é resultado da minha constatação de que o mundo é bom, e vale à pena ser bom.

A minha coleção de bens materiais e os títulos começam a perder peso na balança. É como se tudo isso encolhesse de repente.

Gosto mais das pessoas, quero mais os meus amigos, me aproximo mais dos meus familiares.

Maturidade:

É a maturidade, eu sei, e só o tempo seria capaz de me ensinar isso.

Sei que é importante viver com a mente aberta, para aproveitar todas as lições que recebemos todo dia.

Quando estamos preparados, qualquer um pode ser nosso professor, e a aprendizagem pode ocorrer, mesmo imperceptivelmente.

Passados alguns dias e até meses, e nos damos conta de algum ensinamento que recebemos lá atrás.

É a abundância da vida. É o sabor de viver uma vida plena.

Sei que posso melhorar ainda mais, e que para isso basta ter a disposição para tal, mas não fico ansioso nem obcecado pelo que tenho pela frente.

Hoje sei que uma atitude positiva, uma determinação para viver plenamente, e o coração aberto para tudo que me é apresentado, podem fazer muita diferença na pessoa que serei no futuro.

O crescimento me ajudou a olhar a realidade com mais clareza, a entender a vida e a mim mesmo.

Sei que vai ser bom, e sei que vai dar certo.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta