Encontre o interruptor.

Parece evidente, que ao estarmos numa sala toda às escuras, devemos procurar e acionar o interruptor.

No escuro completo, não vamos encontrar o que procuramos, podemos nos ferir caminhando aos trancos e barrancos e certamente vamos nos sentir inseguros e ameaçados.

Na vida, são várias as circunstâncias que se parecem com a sala escura. Não sabemos o caminho, nos sentimos perdidos, desamparados, forçados a carregar uma carga maior que a nossa capacidade.

Muitas dúvidas no caminho:

É um desconforto e grande insegurança carregada pelas dúvidas do que fazer, que caminho seguir.

Procure o interruptor, providencie a luz.

Podemos orar para o Deus da nossa crença, pedir por uma luz, e para aqueles que acreditam, sempre é um alento, uma força.

No caso dos problemas pessoais, o interruptor pode ser uma ajuda profissional, uma conversa com um amigo mais experiente ou um familiar que já tenha vivido tal experiência.

Podemos encontrar a luz sozinhos, praticando a meditação. Depois, mais serenos, estar habilitado a enxergar a realidade na devida proporção.

É comum as pessoas se sentirem confusas em meio à tempestade, e o horizonte fica mesmo sem definição, não conseguimos enxergar muito longe.

O que vai acontecer comigo?

A situação pode piorar? Que devo fazer? A quem devo procurar?

Em meio à escuridão, pense profundamente na luz, respire fundo e reflita como vai ligar o interruptor.

Assim como na situação física, em que rapidamente gravamos a posição do interruptor, na vida emocional, a procura pelo interruptor também vai ficar facilitada depois de alguma prática.

Conte com a ajuda, providencie a luz e fique bem.                                               R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta