Encontrar o caminho no escuro.

Quando caminhamos no quarto escuro, saímos tateando, esbarrando nas coisas. Queremos andar com desenvoltura, mas nos sentimos incapacitados para assim fazer.

À vezes ficarmos imobilizado pelo medo de se machucar.

Mas basta uma pequena luz, um simples LED do celular para que nos sintamos mais seguros de ir para onde queremos ir.

Podemos e devemos levar a luz consigo.

Carregue a sua luz, a luz interior.

Quando estamos no meio das adversidades, confusos sobre os rumos que devemos tomar e as decisões nos parecem pesadas demais, é porque está nos faltando a luz, a serenidade.

Temos que carregar sempre a luz, vamos mesmo precisar.

Podemos pedir a luz, que o Deus na nossa crença ilumine o nosso caminho e nos mostre o que é melhor para nós.

Podemos levar a luz, quando nos defrontamos com o desanimo e a apatia nos amigos e familiares, atordoados pelos acontecimentos.

Podemos fazer brilhar a pequena chama que há dentro de nós, a chama da esperança e da crença de que não estamos sós.

Podemos ainda meditar, se acalmar, atingir a serenidade que vai permitir que a chama miúda brilhe no nosso caminho, e é o suficiente.

A luz traz o entendimento adequado das situações porque passamos a enxergar com clareza.

Aja mais leve, reduza o seu passo, o seu estresse, e deixe a pequena chama se estabilizar. O caminho vai se clarear.

Deixe a luz guiar o seu destino.

Beco

1 Comentário

Eli Lima

about 6 anos ago

Costumo criar minha luz no exercício da culinária. No filme " A festa de Babete" (sonoridade impecável), ela ficou mais pobre de dinheiro para oferecer um jantar, mas ficou mais rica humanamnente. Buscar o que dá prazer faz tudo ficar iluminado. É a filosofia presente no ato de transformar a comida no prazer, na luz. Obrigada pela contribuição. Fique bem.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta