Encare o passado com o olhar de aprendiz.

Todos somos aprendizes na vida.

O aprendiz olha as coisas que fez quando estava aprendendo a profissão com orgulho, a despeito da peça mal construída, cheia de defeitos.

Não se vê no olhar do aprendiz qualquer sinal de desprezo ou culpa pelo que fez quando ainda estava engatinhando na profissão.

Evite olhar o seu passado com o sentimento de culpa ou de autopiedade.

 As situações por que passamos tem o objetivo de nos ensinar alguma coisa. Procure tirar lições de cada situação vivida.

Olhe o passado com o olhar de um aprendiz dedicado.

É inevitável que, ao relembrar as agruras do passado, as feridas voltem a doer. No entanto, se olhamos com honestidade para as valiosas lições de cada ferida, a dor da lembrança vai sendo substituída por uma sensação mais serena.

Como diz Richard Layard – aprender as coisas sérias requer um bocado de prática. Veja o tempo que se leva para se tornar um bom violinista.

Você já passou por muitas dessas situações.

Você já protagonizou muitas dessas empreitadas – não desperdice as lições que já aprendeu.

As adversidades constroem o caráter.

As lições fazem de você uma pessoa melhor e mais feliz.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta