É certo que magoei algumas pessoas.

Tenho pra mim que magoei algumas pessoas ao longo da vida.

Algumas delas eu já reconheci e fiz alguma coisa para reparar tais atos. Outras pessoas que posso ter magoado, ainda não consegui identificar.

Não sou neurótico quanto a isso, mas acredito que devo reparar os males que eventualmente tenha causado a outrem, sempre que possível.

Falhei como filho em algumas circunstâncias, eu sei, mas os meus pais já se foram. Tudo o que posso fazer é uma exame de consciência para deixar isso bem resolvido na minha mente.

Maturidade:

Posso orar por eles, e pedir para que uma Força Superior ilumine sempre os caminhos por onde eu passar, mostrando erros e acertos para que eu possa aproveitar ao máximo as lições da vida.

Não estamos livres de errar, e muito menos errar com outras pessoas.

Temos, no entanto, que ter a coragem para reparar os danos sempre que possível, pois as nossas vidas estão sempre conectadas e algum nó mal atado nessa nossa grande rede social pode nos tirar a harmonia e bem-estar.

Quero estar bem com as pessoas, e essa harmonia me traz felicidade, pois temos todos, no nosso gene, essa sede de pertencimento, de união e cooperação.

A minha vida tem pouco significado, quando me vejo desconectado das pessoas.

Os amigos, familiares, e todas as pessoas com que nos relacionamos formam essa rede virtuosa do bem comum, e tenho que fazer parte dela de coração, conectando o significado da minha existência com a existência de outras pessoas.

Crescimento pessoal:

Quero ser mais, e não quero dizer mais individualmente, mas crescer com os outros.

Quero ajudar quando for chamado, quero pedir ajuda quando me sentir desamparado, e assim como na dor, quero ter as pessoas comigo no contentamento.

Não quero magoar as pessoas, e faço o possível para que isso não aconteça.

Não me agrada saber que magoei outras pessoas, e na medida do possível vou buscar alguma forma de reparação.

R.S. Beco

1 Comentário

Diana Mota

about 5 anos ago

Bom dia!!! Que lindo.... uma super declaração, é possível sentir generosidade e franqueza em suas palavras. "Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocamos nela, corre por nossa conta." Chico Xavier

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta