Difícil ou fácil é apenas o seu julgamento.

Quando encaramos a tarefa como fácil ou difícil, estamos analisando, julgando e assumindo algo que está na nossa cabeça. Muitas vezes, subavaliamos a nossa capacidade de resolver as coisas.

Dê a si uma chance.

Se dê crédito na capacidade de resolver as coisas.

Vá com mais otimismo.

Em vez de olhar demasiadamente para o vazamento de água, preste atenção nas ferramentas que você já tem a sua disposição. Vasculhe a sua caixa de ferramentas. Você há de encontrar uma que dê conta do recado.

Você pode pedir ajuda.

Você pode recorrer a pessoas que já passaram pela mesma situação.

Será que é tão difícil?

Escreva um pouco sobre cada problema.

Scott Young, um jovem autor afirma que ajuda muito escrever sobre o problema, o que quase ninguém faz.

Uma coisa interessante é que ao escrever sobre o problema você descobre que ele é mais complexo do que você imaginava, mas por outro lado, você está mais próximo de resolvê-lo, pois a sua compreensão melhorou um bocado.

De repente você tem uma primeira ferramenta para resolver seus problemas: escrever sobre ele.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta