Deus pode quando você não pode: olhe sempre para cima

Deus pode quando você não pode: olhe sempre para cima

A vida pode nos colocar de joelhos, problemas infindáveis, dificuldades inesperadas e a energia que parece que vai embora. Quando a coisa ficar pesada e você se sentir muito confuso, quase desesperado, não olhe só para os lados, olhe para cima. Se acostume a ver que você não está sozinho.

Olhar para cima para quê?

Olhar para cima para quem?

Tenha fé e acredite numa Força Superior.

Essa Força Superior é a calmaria no meio da tempestade. É a serenidade de que precisamos para enxergar os problemas na sua real dimensão.

Peça pela serenidade, pois pode ser tudo que você precisa neste momento. Peça para que o seu caminho seja iluminado. Quando estamos desesperados, é como se a escuridão dominasse o nosso caminho. É como se a visão faltasse justamente quando precisamos enxergar o caminho a seguir, as soluções.

Estamos procurando as respostas na direção errada.

Tenha fé

Temos que olhar para cima e ter fé que o Deus da nossa crença nos ilumine e nos ajude.

Não peça pela solução, mas sim pela iluminação e a serenidade para que você saiba o que fazer, saiba o caminho a seguir.

ELE está lá para te ajudar.

ELE está pronto e sabe como te ajudar.

ELE sabe as respostas e vai te revelar.

Aceite a ajuda Superior.

Quando criança, queremos fazer as coisas sozinhos, abrir a garrafa, comer a comida, abrir a janela, ligar o aparelho – recusamos ajuda. Afinal é a busca natural da autonomia, o aprendizado da vida. Mas as responsabilidades aumentam com o tempo, os problemas aparecem aos montões, e por vezes sentimos que não damos conta, e não há nada de errado com isso. É natural nos darmos conta, especialmente com a maturidade, de que não somos assim tão poderosos.

Você não está sozinho, e Ele pode quando você não pode.

Olhe para cima.                                                                                                                                             Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta