Deus não é meu adversário.

Deus está aí para te amparar e ajudar. Não faz sentido reclamar Dele como se ele fosse seu adversário.

Temos horas de amargura, dificuldade de montão, mas é totalmente improdutivo, desnecessário e também injusto afirmar que Deus está contra mim, achar que ELE é meu adversário.

Nem pensar, achar que tenho que levar a vida com um adversário desse calibre.

As dificuldades foram calibradas para a minha capacidade, e ninguém vai ter que carregar uma cruz além do que consegue.

Podemos achar que é muita areia para carregar, ou muitos espinhos para me desvencilhar, mas vamos dar conta, e o ano está apenas começando.

Capacidade:

Somos capazes, e diante das maiores dificuldades é que vamos conhecer aquilo que temos de melhor, as nossas mais valiosas habilidades, e nossa reserva essencial de energia.

Acredite, você não está desamparado, pois lá em cima, ELE nunca dorme, para cuidar de você incondicionalmente.

Você merece esse cuidado, e vai fazer por merecer hoje e sempre. Vai dar duro, fazer a sua parte, como naquele provérbio árabe: “na tempestade, reze para Alá, mas amarre os camelos”.

No meio da tempestade, busque a serenidade e reserve a energia, pois quando tudo passar, o trabalho vai ser árduo, e não pode desanimar – é levantar a cabeça e seguir adiante.

Não se isole, e pare de achar que todos estão querendo te sabotar.

Amigos:

Repasse com honestidade a sua lista de amigos – vai encontrar algumas figuras carimbadas – amigos do peito.

Procure os amigos quando estiver em dificuldade, se aconselhe, divida a preocupação, peça ajuda.

Pedir ajuda não é sinal de fraqueza, aliás, é um sinal de muita coragem.

Quando pedimos ajuda, nos desvestimos da prepotência que tanto nos atrapalha, não só nas adversidades, mas também na glória.

Confie no Deus da sua crença, e aprenda a vê-lo sempre como aliado.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta