Destino – um lugar a chegar.

O destino parece nos pegar de surpresa. As palavras têm significados diversos, e quando as utilizamos, somos pegos pelo enquadre de tais significações.

Destino é uma delas.

Há um sentido traiçoeiro, no meu julgamento, de algo que nos atinge sem motivo, uma fatalidade. A única coisa que podemos fazer é chorar e lamentar as consequências.

Fatalidade:

Esse significado da fatalidade pode contaminar tudo na nossa vida, levando-nos a aceitar a vida como uma fatalidade em todos os aspectos.

Assim, pensamos ser um joguete nas mãos de quem quer que seja, inclusive uma entidade do bem e do mal.

Há por outro lado, um significado bonito, na minha opinião, mais pleno, o destino como um lugar a chegar.

Quando saímos de férias com os filhos, temos um lugar demarcado de chegada, a praia, o campo, um parque de diversões.

O destino faz parte de um planejamento, um desejo, uma expectativa, um prenúncio de momentos maravilhosos, que acaba se concretizando. Não é uma fatalidade, muito pelo contrário, está sob nosso controle em muitos aspectos.

Conhecemos as variáveis, pois planejamos com cuidado.

Conhecemos as consequências, pois refletimos sobre elas minuciosamente.

A vida não é uma fatalidade, e é um destino, no sentido de um lugar a chegar.

Viver é uma tarefa minha. Viver bem é uma obrigação, diante de tanta abundância e tantas possibilidades.

Sei que posso definir muito do que será a minha vida no futuro. Muito embora não saiba exatamente o que vai acontecer, pois as possibilidades são inúmeras.

E quando chegar lá, no meu destino, eu sei que fiz a minha parte, tomei o timão da minha vida. Assumi a responsabilidade sobre a minha felicidade.

Quero muito tudo isso, e quanto ao meu destino, eu vou fazer sempre o que for possível para chegar lá.

Beco

1 Comentário

xoxobrJéssica

about 5 anos ago

Obrigada pelas sábias palavras, me ajuda muito ler todos esses exclelentes textos. Fique Bem

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta