Descobrir o melhor em nós.

Todos nós temos talentos preciosos, alguns deles escondidos debaixo de um véu de timidez, baixa autoestima, perfeccionismo e outros tantos limitadores.

Temos que fazer um esforço para trazê-los à tona, pois assim podemos realiza-los, torna-los produtivos.

Quem é pai sabe a satisfação que é ver o filho exceder em alguma atividade.

Imagine o mesmo fenômeno acontecendo contigo mesmo.

Você excedendo, brilhando, simplesmente porque está fazendo aquilo que faz melhor, com destaque e excelência.

Talentos:

Como podemos descobrir os nossos talentos escondidos?

Como podemos enxergar as nossas melhores qualidades?

Repasse a sua história e procure algumas pistas das coisas que mais prenderam a sua atenção, projetos, atividades, interações.

Faça uma radiografia de cada uma das circunstâncias para ver se você não estava no seu melhor, no desempenho da sua melhor qualidade.

Relembre os momentos onde recebeu muitos elogios e comentários lisonjeiros sobre o seu desempenho ou comportamento.

Reflita sobre aquilo que você faria até de graça, pois isso pode indicar um ponto forte.

Pense nos valores que lhe são mais caros, aquilo que você guarda dentro de si como se estivesse num cofre seguro: honestidade, companheirismo e assim por diante.

Enfim, é uma revisão acurada e honesta de si mesmo. Olhar para o espelho com generosidade, sem críticas exageradas.

Pergunte aos amigos e familiares, eles te conhecem bem e podem te dar algumas pistas.

Faça a seguinte pergunta: se você fosse me chamar para ajudar em alguma coisa, no que me incluiria?

Qualquer resposta pode indicar algo relacionado com seus talentos natos, seus valores, sua capacidade.

Realizar aquilo que você tem de melhor é um passo enorme na direção da felicidade.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta