Deixe o rancor dar lugar à serenidade

Deixe o rancor dar lugar à serenidade

Não podemos evitar que as pessoas, às vezes, nos tratem de maneira rancorosa.

Não temos controle sobre as outras pessoas e isso não deve nos aborrecer. Aceitar as pessoas como são, sem querer transformá-las segundo o nosso padrão, é um grande passo para a felicidade e relacionamentos saudáveis.

Receba o rancor com suavidade, e isso será a sua melhor proteção para que o rancor não te pegue e não afete a sua paz de espírito.

O comportamento das pessoas é algo muito complexo, e difícil compreender as reações das pessoas.

Inútil racionalizar e inadequado reagir, pois no calor dos conflitos, a nossa reação pode muito bem ser desproporcional. Queremos impor um mal muito maior do que recebemos.

Empatia:

A melhor coisa a fazer é tentar se colocar no lugar da outra pessoa. Simplesmente imagine uma razão para tal explosão rancorosa.

Podemos listar um número enorme de razões: uma doença grave, uma perda irreparável, uma noite mal dormida, uma relação rompida, dificuldade financeira ou mesmo perda do emprego.

Aceitar e deixar passar não quer dizer se servir de capacho, mas simplesmente não deixar que o mal reflita em você.

Não devolva o tratamento, pois pode funcionar contra você.

O melhor é deixar quieto.

Não tente alongar o momento de relação rancorosa, não discuta e não revide.

Não leve para o lado pessoal. Muitas vezes não tem nada a ver contigo.

Se ainda assim você julgar importante esclarecer e deixar em pratos limpos, deixe passar o momento de tensão e volte ao assunto com tranqüilidade.

Depois de passados alguns dias, pode ser que você mesmo não dê mais importância ao incidente.

Rubens Sakay (Beco)

Botão da Felicidade

SE VOCÊ TIVESSE UM BOTÃO QUE BASTASSE ACIONAR PARA SER FELIZ, VOCÊ APERTARIA?

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta