Deixar de reagir às críticas negativas.

Responder ou reagir. Pode parecer mesma coisa, mas definitivamente não é.

Responder é fazer com consciência, dizendo aquilo que realmente queremos dizer, e que não vamos nos arrepender. E mais, não vai alimentar a ruminação interminável sobre o incidente negativo.

Reagir, por outro lado, e entrar no jogo das ofensas e agressões, dizendo o que está na ponta da língua, e que foi comandado pelo nosso cérebro antigo e primitivo. Os desdobramentos são sempre desastrosos, uma mágoa desnecessária pra cima do agressor.

Memória negativa:

Isso alimenta a nossa memória negativa, que traz sempre à nossa lembrança a dor do ocorrido. Acabamos bebendo do próprio veneno, e não só isso, acabamos bebendo do veneno sempre que nos lembramos.

Mas podemos responder ao invés de reagir. Pensar bem, e recuar, deixar passar – até que ponto isso é importante?

Em meio à raiva, o natural é revidar, reagir, mas tenha em conta que é seu cérebro primitivo comandando.

Respire fundo, deixe o tempo passar um pouco, e tudo vai adquirir a real relevância.

Não temos que reagir a tudo de negativo que nos acontece, uma fechada no trânsito, uma resposta mal criada, uma indiferença, um descaso.

Quando deixamos passar, simplesmente evitamos criar uma marca negativa profunda na nossa mente.

Quando reagimos agressivamente, recrutamos a raiva e o revide para nos ajudar, estamos gravando na pedra, aquilo que vai nos incomodar por muito tempo.

Se poupe:

Se poupe, se dê esse carinho, e pare de reagir de maneira desproporcional às coisas que te incomodam.

Pense no seu bem estar, pense na sua felicidade duradoura, e pense na sua saúde física e mental.

O mal estar provocado pela raiva e pela reação agressiva, alimenta o seu estresse, e se levado de maneira crônica, vai prejudicar enormemente sua saúde.

Não se deixe manipular pelas provocações. Deixe ir e vai sentir o benefício de não carregar essa carga negativa.

Quando pensamos nos outros, os agressores, reagimos, agredimos e conflitamos – mal para nós.

Quando pensamos em nós mesmos, ponderamos, refletimos e respondemos de acordo com as nossas reais necessidades – bom para nós.

Se faça um bem – pare de reagir exageradamente às coisas negativas.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta