O seu negócio

O seu negócio

Um ensinamento maravilhoso sobre cuidar das minhas coisas, veio da leitura de Byron Katie, que diz que há três tipos de negócios: o seu negócio, o negócio dos outros e o negócio de Deus, e sobre isso ela faz a seguinte reflexão:

Você tem que dedicar o seu tempo e sua energia cuidado do seu negócio, da própria vida. Mas isso não é assim tão fácil.

Reflexão:

Diz ela: imagine que eu estou aqui em Nova Iorque, e minha mente está com a vida da minha filha na Califórnia. Eu estou cuidado da vida dela lá. Estamos nós duas cuidando da vida dela, e ninguém está aqui cuidando da minha vida.

Estamos em muitos momentos, levando a nossa mente a cuidar da vida dos outros, o negócio dos outros.

Podemos facilmente acreditar que podemos mais do realmente podemos. Imaginamos uma capacidade sobre humana, a capacidade de fazer o que está nas mãos de Deus. Estamos assim nos metendo nos negócios de Deus.

Sempre que se pegar com a mente imerso em preocupações. Reflita se não são negócios de outros, ou mesmo negócios de Deus.

Piloto automático:

Quando estamos com a mente fora do nosso próprio negócio, da nossa vida, deixamos tudo em piloto automático. Quando nos damos conta, mais um ano se passou e a nossa vida e o nosso tempo escorreu mais um pouco pelo ralo. Desperdiçamos a vida, que é única e é repleta de oportunidades para exercer a nossa liberdade, as nossas escolhas, com o foco no nosso negócio.

Deixe Deus trabalhar:

Cuidar do próprio negócio é um exercício que temos que fazer constantemente, pois a nossa mente nos trai com frequência, ora cuidado da vida alheia, ora se metendo naquilo que não temos qualquer controle, e por isso, devemos deixar para o Poder Superior – aquele da sua crença.

Acredite na sua capacidade, acredite em si mesmo, olhe para frente, para o seu caminho, e seja feliz.

Rubens Sakay (Beco)

 

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta