Continue caminhando.

Carregamos na mochila uma porção de problemas que julgamos nossos.

Acreditamos que não há como livrarmo-nos deles.

No entanto é preciso caminhar.

A boa notícia, é que com o caminhar, nos tornamos mais fortes para carregar o que temos na mochila, e ficamos com a impressão de que a mochila ficou mais leve.

E mais, muitos dos problemas, que representam uma carga imensa no início da caminhada acabam sumindo da mochila como que por um milagre.

Como isso acontece?

Quando caminhamos com a passada forte, olhar altivo, auto-estima elevada, concluímos, ao longo da caminhada, que alguns problemas são na verdade virtuais e existem apenas na nossa imaginação.

Isso vale para limitações auto-impostas.

Vale também para preocupações infundadas quanto ao futuro.

Vale para amplificação de algo insignificante, mas que transformamos num cavalo de batalha.

Não reclame da sua mochila.

Segure firme e continue caminhando.

Beco

1 Comentário

Eli Lima

about 7 anos ago

Há tantos caminhos quanto caminhantes. Obrigada! Fique bem. Eli.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta