Confie que vai dar certo

A confiança vem de suas experiências passadas, na sua capacidade, e também na crença de que você não está só, e que a ajuda pode chegar quando você precisar.

O mais importante sobre a confiança é que ela te impulsiona para frente.

Ela pode nascer da sua atitude consigo mesmo, na crença de um futuro melhor.

Ela pode estar baseada na sua história de sucesso, realizações que frutificaram do seu esforço. A confirmação de que você é capaz, de que você sempre pode contar com a ajuda das pessoas que te cercam, e que ajuda que vem lá de cima não vai faltar.

As pessoas podem te encorajar, e tudo isso tem que te empurrar para o futuro.

Acredite:

O milagre da vida pode te inspirar a acreditar que o melhor vai acontecer com você.

Mas a felicidade não está em esperar, e a realização não bate à sua porta com um pacote pronto.

O melhor da confiança é que ela nos coloca em movimento, correndo atrás dos nossos sonhos, realizando os nossos projetos. A confiança é o nosso combustível, e temos que manter o tanque cheio, pois o mundo é mesmo de dificuldades. A dor pode te atingir e pode vir com uma boa carga de sofrimento, e temos que estar animados, ou vamos fraquejar, nos deprimir.

O futuro é incerto, e mesmo com um planejamento acurado, vamos errar em muito, e eu posso dizer da minha própria experiência. Temos que acreditar que mesmo com falhas no planejamento, a nossa direção está certa, pois está baseada na nossa confiança de que tudo vai dar certo.

As possibilidades são muitas, e as soluções para os problemas estão bem perto da sua visão. É preciso olhar a vida com otimismo, e enxergar que o futuro traz boas novidades.

Sei que a luta pode não ser fácil, e podemos nos sentir sobrecarregados, mas não estamos sós.

Não podemos fazer corpo mole ou vamos ser atropelados pelos problemas.

Não devemos parar para lamentar, pois o tempo é curto e a vida é uma só.

Faço tudo que está ao meu alcance, não quero me arrepender e quero estar preparado para saborear a vida tal qual ela é.

Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta