Coloque o foco no seu crescimento.

Deixe de lado o crescimento dos outros.

Pare de tentar corrigir os outros.

Coloque o foco no seu próprio crescimento.

Se imagine construindo uma escada. Mantenha o foco no degrau, e logo terá avançado bastante na escada toda.

O trabalho todo que temos que fazer, é interno.

Muita gente acha que o trabalho todo é no relacionamento com outras pessoas. É claro que isso é importante, mas temos que trabalhar o que há para ser trabalhado dentro de nós.

Trabalhe o seu modo de pensar, trabalhe sua atitude, seus hábitos e comportamentos.

Pense positivamente. Olhe o lado bom da vida, se concentre naquilo que lhe dá prazer e contentamento. Aprecie cada momento.

Não saia rapidamente julgando os outros.

Trabalhe bem a questão da culpa. Não se culpe e não culpe os outros.

Se concentre em si próprio.

Quando olhamos para os outros bem sucedidos e vem a inveja.

Quando olhamos para os que fracassam e vem logo o julgamento.

Quando olhamos para os nossos fracassos e saímos culpando os outros.

É sinal claro de que não estamos focados no nosso próprio crescimento.

Não adianta olhar para o crescimento da árvore do vizinho com esse modo de pensar, se a nossa árvore não é regada, não é adubada e não é podada com carinho.

Faça uma lista daquilo que quer ver melhorado em si mesmo, e comece já.

Comece pelas coisas mais simples e tenha em conta que é uma jornada para a vida toda.

Alguns avanços impulsionam outras iniciativas.

Alguns defeitos que havíamos corrigido, acabam voltando e para isso há que se ter uma vigilância para não recairmos nos mesmos defeitos.

E na maioria das coisas, um avanço te anima para seguir melhorando.

As coisas mais simples te animam para as coisas mais complicadas.

Beco

2 Comentários

Maria Ester de Carvalho

about 6 anos ago

Oi, Ruben/Beco, Obrigada por contribuir com esta uma fonte de água pura - seu relaxante blog - que permite saciar a sede daqueles precisam. Deus abençôe a você a sua família.

Responder

Beco

about 6 anos ago

Amiga Maria Ester, Fico feliz que tenha gostado dos textos. Se me permite, recomendo que leia a postagem do dia 20 de março de 2011. Beco

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta para Maria Ester de Carvalho Cancelar resposta