5 atitudes para você ser o HERÓI da própria vida

5 atitudes para você ser o HERÓI da própria vida

Temos todos os nossos modelos, as pessoas que procuramos copiar, os exemplos de virtude e realização.

Por vezes, estamos tão absortos na modelagem, na mímica da vida que nos distraímos com a pessoa que estamos nos tornando.

Se fizermos o nosso trabalho corretamente, com dedicação e seriedade, é natural que nos tornemos a pessoa que sonhamos ser – um dia de cada vez.

Por esse motivo, que tal fazer de você mesmo o seu próprio herói?

Li num blog muito interessante, uma postagem que reproduzo aqui:

“Talvez, de vez em quando,

você deva parar de esperar

que alguém apareça

para consertar

as coisas que estão erradas.

Talvez,

Você deva parar

de se sentir coitadinho

e perceba que ninguém

tem a resposta certa.

Talvez,

você tenha apenas

que ser seu próprio

Herói.

Nessa mesma postagem, o autor recomenda o seguinte:

Não espere – Não fique infeliz esperando algo acontecer. Não espere ser descoberto e a realização dos seus sonhos de uma hora pra outra.

Aja – Se não gosta das como estão as coisas, faça alguma coisa para mudar a situação.

Não desista – Resista à tentação de jogar a toalha. Continue tentando, e a sorte vai chegar.

Seja valente – Mesmo com as mãos tremendo, não se amedronte, a coragem não é ausência de medo, mas a disposição para agir à despeito do medo.

Escolha com sabedoria – Lidar com escolhas é para quem exercitou os itens anteriores.

As oportunidades aparecerão. Saiba escolher quando vier a hora.

Escolha estar no controle de sua vida.

Escolha mudar os rumos ao invés da estagnação e infelicidade.

Reflita sobre os seus próprios sonhos e o propósito da vida que idealizou.

Olhe para o espelho com mais regularidade e aprenda a gostar do que vê – bem lá no fundo.

Escolha ser seu próprio herói. Seja o herói da própria vida.                                                                                                                      Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta