Tristeza Posts

Não seja vítima das pequenas irritações cotidianas

Não seja vítima das pequenas irritações cotidianas

Às vezes chegamos ao final do dia exaustos de lutar com tantas irritações cotidianas.

Deixe de ser vítima de cada pequena contrariedade.

O cotidiano frenético nos premia com muitas pequenas irritações.

O amor é o caminho

O amor é o caminho

O amor é o caminho e o caminho é o amor. Está sempre na moda e ajuda em tudo na sua vida.

Demonstre carinho com as pessoas que se relaciona e faça com dedicação tudo que faz na vida. Receba com uma atitude positiva tudo que lhe é oferecido, é o amor pela vida simplesmente toma conta da sua vida.

O amor está dentro de cada um – faz parte de nós.

Deixe o amor brotar em cada relacionamento, e não confuda o amor pleno com aquele do relacionamento amoroso, o compromisso conjugal.

O amor pleno pode e deve estar presente em qualquer relacionamento.

O amor pode ser o fio condutor em tudo que expressamos, inclusive com os animais e com outros elementos da natureza.

Ficar triste de vez em quando é bom

Ficar triste de vez em quando é bom

Inevitável ficar triste em determinadas circunstâncias. Queremos sempre um ambiente de alegria, só coisas boas nos acontecendo, mas isso não é a realidade para ninguém.

Aceite os momentos tristes, pois a vida não é um mar de rosas. Há momentos que a coisa pega pra valer.

Aceite a tristeza com a confiança de que momentos felizes chegarão. Tudo na vida passa, e os momentos tristes também passarão.

A tristeza é um sentimento genuíno, é o luto por alguma dor que tenha te abatido.

Para aceitar a tristeza é preciso compaixão por si mesmo, afastar qualquer sentimento de vítima, ou pena de si próprio.

Fique bem consigo mesmo

Fique bem consigo mesmo

Fique bem consigo mesmo. Estar sozinho pode ser um desconforto, mas estar só, de bem consigo mesmo é um luxo que todos podem desfrutar.

Cabe distinguir a solidão, involuntária e negativa, da solitude, voluntária e resolvida.

Às vezes gostamos de ficar sós, se empenhar em atividades solitárias, como a leitura, arte ou trabalhos intelectuais diversos.

Não rumine a sua tristeza e deixe-a-passar

Não rumine a sua tristeza e deixe-a-passar

Aceite sua tristeza e deixe-a passar. Não fique preso a ela, não rumine e não a deixe ficar.

Quando estamos tristes, temos uma tendência a nos afundar na tristeza. Quanto mais tempo passamos nessa situação, mais temos dificuldades de sair dela. Ao sentir a tristeza chegando, reconheça-a, aceite-a, mas procure uma maneira sutil de mantê-la a uma distância segura.

Uma boa receita é procurar alguma coisa produtiva para fazer. Comece a preparar o jantar. Arrume o armário. Limpe o jardim. Isso pode não resolver a tristeza, nem eliminar a causa da tristeza, mas vai te deixar mais satisfeito, simplesmente por te fazer produtivo, e vai te distrair para as coisas do seu mundo real. Procure uma atividade quase que mecânica, e ao mesmo tempo agradável. Não busque coisas sofisticadas e que exijam uma concentração mental acentuada. Isso pode ser um gatilho para o retorno dos pensamentos tristes.

Remoer o passado triste vai fazer a tristeza RESSURGIR

Remoer o passado triste vai fazer a tristeza RESSURGIR

Não fique alimentando as suas lembranças tristes, fique em paz com o seu passado, se perdoe, perdoe os outros e deixe ir os ressentimentos e a culpa. Remoer o passado triste só vai faz a tristeza, que deveria ficar adormecida, RESSURGIR.

Ficar relembrando as coisas tristes que aconteceram na sua vida constantemente é alimentar as sementes da tristeza, prejudica a autoestima e muitas vezes provoca a imobilização, a estagnação.

As lágrimas

As lágrimas

As lágrimas têm um poder purificador que não devemos negligenciar.

Quando vem, é difícil conter.

Se parece com um copo d’água que simplesmente transbordou.

Pode ser o alívio de algo que chegou ao limite.

Pode ser um tônico psicológico e emocional ou ainda a transpiração das emoções.

É saudável chorar de emoção.

Chorar e deixar sair a emoção é parte da natureza humana.

Lágrimas fazem parte do romantismo das músicas, estão presentes em rituais e cerimônias, sejam alegres ou tristes.