Transformação Posts

Muito além do descontentamento

Não podemos deixar como está, e queremos mesmo mudar o que está ruim, e para isso temos que ir além da frustração e do descontentamento. Temos que colocar aquela energia e dar o impulso para mudar o que tem que ser mudado.

Quando nos sentimos descontentes com a vida, ficamos impregnados com a negatividade. Nos falta aquela energia positiva e otimista que necessitamos para corrigir, mudar o rumo, virar o barco para outra direção.

Mudar nem sempre é fácil, pois nos sentimos como um transatlântico que navega numa direção indesejável para o qual a mudança de rumo acontece muito lentamente.

O que não está perdido

Podemos achar que o trem descarrilhou e que tudo está perdido, mas temos que aprender a desviar um pouco o olhar de tanta coisa ruim, tanta coisa errada.

Quando damos uma folga no nosso senso crítico para coisas erradas, podemos ver o que não está errado, e o que ainda tem conserto. O mundo não está perdido, mesmo que você só esteja enxergando desgraças e problemas intermináveis.

Sempre há um jeito, uma solução, e quando olhamos com o filtro positivo, vamos encontrar o melhor caminho.

A raiva que ajuda a sobreviver.

Temos épocas na nossa vida em que sentimos raiva, muita raiva, fruto de algum desgosto profundo,

A raiva, e eu aprendi com Rachel Naomi Remen, médica e professora da Universidade da Califórnia, é uma expressão da mesma força vital que nos faz viver, ou sobreviver.

Temos que inverter um não que dizemos com tanta energia, para o sim que dizemos à vida.

Ao inverter a polaridade dessa força, você vai deixar que ela trabalhe a seu favor.

A energia que desperdiçamos lutando, negando ou mesmo repudiando alguma coisa que não temos qualquer controle pode ser muito bem utilizada para caminhar em outra direção.

A transformação que ocorre dentro de mim.

Vários são os aspectos que mostram a transformação que ocorre dentro de mim mesmo.

A maneira como me recordo dos meus pais que já se foram. A cada lembrança, me mostro mais maduro, mais sereno e mais aberto para aprender.

As lembranças que trago dos eventos da minha vida, e esse amadurecimento e serenidade mostram o trajeto que já percorri no crescimento pessoal, e tenho que reconhecer o quanto já melhorei.

O resultado dessa transformação é a gratidão de ter a oportunidade de me tornar uma pessoa melhor a cada dia, e sou grato especialmente à uma Força Superior que tem iluminado o meu caminho.

Preciso de um especialista em motivação.

Às vezes sentimos que precisamos de um especialista em motivação, alguém que nos ajude a levanta o ânimo quando tantas coisas nos puxam para baixo.

Aprendi com o memorável Meng, do livro Busque Dentro de Você, que o melhor especialista em motivação é você mesmo. Aliás, ninguém entende melhor o que te motiva, do que você mesmo.

Preste atenção naquilo que prende a sua atenção.

O que é que você gosta de fazer, e quando está fazendo não vê o tempo passar?

O que é te estimular e te desafia, e você sente que está puxando o melhor de você?

Então, seja feliz.

Então, seja feliz, pois ser feliz é uma escolha pessoal. A felicidade é um estado de espírito que você pode assumir sempre que quiser, é uma escolha.

Se é isso que você quer, simplesmente seja feliz.

A realidade que te cerca se transforma à medida que você faz essa transformação em si mesmo, de dentro para fora.

Escolha ser feliz, e o mundo vai se tornar favorável a essa sua nova escolha.

A cabeça mergulhada nos problemas.

Quando sinto que estou me afogando nos problemas, quase vendido diante das adversidades que a vida me premiou, tenho que tomar algumas providências rápidas para não me afogar.

Não enxergo mais nada, não enxergo as soluções, me sinto abatido pelo azar, desamparado, sem saber a quem recorrer.

Preciso seguir com calma, preciso de serenidade.

Ouvir dizer que no meio do furacão, bem lá no centro, tudo é calmo, sem turbulência, sem ruído. Temos que nos imaginar nessa calma em meio à tempestade para conseguir enxergar a saída, as soluções para os problemas que nos afligem.