Trabalho Posts

Ninguém é insubstituível, passe adiante o bastão

Ninguém é insubstituível, passe adiante o bastão

Ninguém é insubstituível e chega uma hora em que devemos passar o bastão para os outros.

Temos que ter sucessores nas nossas empreitadas.

Na condução da liderança familiar pode chegar a hora de passar as decisões para os filhos. Faça isso com serenidade.

Ensine e passe adiante o que aprendeu. Não vamos durar para sempre, e seria uma pena ver todo esse conhecimento e experiência desperdiçados.

Não faça por se tornar insubstituível. Evite segurar o bastão até o derradeiro momento.

Ensinar o que aprendeu, principalmente para os pequenos é fundamental, é um sinal de humildade, generosidade e também de inteligência, pois não vamos durar para sempre.

Passe o bastão da fé, da coragem, da persistência.

Passe o bastão da honestidade, da amizade do coleguismo.

Trabalhar menos vai te fazer mais feliz?

Trabalhar menos vai te fazer mais feliz?

Parece intuitivo que se pudéssemos trabalhar um dia a menos na semana, seriamos mais felizes. Especialmente as mães que cortam um dobrado para cuidar das crianças, passar as orientações em casa e apresentar um desempenho exemplar no trabalho, ficariam mais satisfeitas com a vida numa jornada mais curta.

Um interessante estudo conduzido na Coreia em 2004, pelo próprio governo, mostra resultados intrigantes depois de uma década de avaliação. O governo fez um esforço enorme para que as companhias encurtassem em um dia a jornada dos coreanos, de seis dias para cinco dias.

Minhas dicas sobre “Equilíbrio Vital” na Exame

Minhas dicas sobre “Equilíbrio Vital” na Exame

Antigamente, quando falávamos em trabalho era mais comum associá-lo à tristeza, hoje as pessoas sabem que podem e devem encontrar felicidade no trabalho também, bem como em todas as outras áreas da nossa vida. É com a proposta de levar conhecimentos que possam ajudar nesta busca que eu, em parceria com o médico psiquiatra, coach e consultor Frederico Porto estreamos o blog Equilíbrio Vital no site da Revista Exame.

Para complementar, inauguramos um canal no Youtube com o mesmo nome. Eu convido-o a ver o primeiro vídeo abaixo e a ler o texto (aqui). Tenho certeza de que aquilo que transmitirmos para você vai ajudá-lo a ter mais qualidade de vida. Se tiver alguma sugestão de tema fique a vontade para sugerir no campo de comentários.

Rubens Sakay (O Beco)

 

 

5 maneiras de agradecer no trabalho

5 maneiras de agradecer no trabalho

Estamos tão compenetrados no trabalho, e às vezes tão estressados que nos esquecemos de utilizar a moeda mais valiosa no ambiente de trabalho, a gratidão.

Temos que aproveitar as boas oportunidades para agradecer, sabendo principalmente que isso nos faz feliz.

Nos acostumamos a agradecer em casa, assim fomos ensinados. Agradecemos na igreja, pois nos parece adequado – mas nos esquecemos de fazer isso onde passamos a maior parte do nosso tempo, no trabalho.

Por incrível que possa parecer, 35% das pessoas pesquisadas pela Templeton acreditam que agradecer favorece a exploração e o abuso por parte das outras pessoas, uma crença totalmente descabida.

O autor Jeremy Adam Smith em artigo no Greater Good aponta cinco maneiras preciosas de fazer uso desse recurso tão desprezado. A gratidão nos torna mais ricos, pessoas melhores, mais saudáveis e mais queridas. E nem precisa economizar, pois quanto mais usamos mais temos para usar.

Discorro sobre os 5 pontos que Smith focaliza:

Não se esconda no trabalho

Não se esconda no trabalho

Evite se refugiar no trabalho, e não faça da vida profissional uma desculpa para não saborear a vida pessoal.

Acorde para a sua vida pessoal. O trabalho dá o sustento e nos proporciona o conforto tão desejado, mas não faça do trabalho o seu esconderijo.  Isso fatalmente leva ao stress e ao desgaste dos seus relacionamentos.

Muita gente se dedica doentiamente ao trabalho, chegando cedo, saindo tarde fazendo hora extra e levando trabalho para casa. Isso pode ser um sinal de problemas nos relacionamentos pessoais. Desperte para esse ponto. Procure um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Estabeleça prioridades e não se perca nas tantas frentes de aprimoramento profissional.

As decisões dos outros

As decisões dos outros

Não assuma a responsabilidade sobre as decisões do outros. Você já tem muito para cuidar, e deve deixar que os outros assumam a responsabilidade sobre suas escolhas, ações e decisões.

Nós já temos responsabilidades o suficiente para a largura dos nossos ombros. Deixe que os outros assumam as responsabilidades pelas próprias vidas.

Deixe um pouco do peso nos seus ombros escorregarem. Importante – não os apanhe de volta.

Muita coisa que aconteceu no mundo não é sua responsabilidade, nem é sua culpa.

Você não é tão poderoso assim. Não assuma o que não é seu.

Um pequeno e importante passo

Não importante se damos grandes passos ou pequenos passos, no final da caminhada, vamos chegar ao destino.

Assim como uma escada com degraus espaçados ou juntinhos levam ao mesmo lugar, temos que aprender a valorizar cada pequeno passo.

Um pequeno e minúsculo passo é muito mais valioso que a estagnação, a inação. Ficar parado, resmungando e reclamando da vida é totalmente inútil.

Um pequeno gesto de gentileza faz diferença.