Solidão Posts

A solidão pode matar

A solidão pode matar

O maior risco para a vida das pessoas é a solidão. Mais do que as doenças, mais do que tudo que você pode imaginar. Muitas doenças aparecem e se desenvolvem no árido terreno da solidão.

Recentemente assisti à palestra da Dra. Lissa Rankin, medica, pesquisadora e autora que abordava naquela oportunidade a importância de se preocupar com a solidão.

7 Razões para você não fazer fofocas

7 Razões para você não fazer fofocas

Fofocas provocam um mal nas pessoas impactadas e também nas pessoas que se utilizam desse recurso nocivo e destrutivo.

Ligue para alguém quando estiver se sentindo sozinha

Ligue para alguém quando estiver se sentindo sozinha

Não se isole quando estiver com dificuldades. Algumas pessoas escolhem se proteger debaixo das cobertas, um comportamento que lembra a nossa infância, mas não tem qualquer efetividade quando os problemas são reais.

Conversamos todo o mundo pelo celular, mensagens e recados, mas quando a coisa pega, ficamos ruminando e não nos ocorre ninguém para ligar e pedir alguma ajuda.

O que está acontecendo?

Fique bem consigo mesmo

Fique bem consigo mesmo

Fique bem consigo mesmo. Estar sozinho pode ser um desconforto, mas estar só, de bem consigo mesmo é um luxo que todos podem desfrutar.

Cabe distinguir a solidão, involuntária e negativa, da solitude, voluntária e resolvida.

Às vezes gostamos de ficar sós, se empenhar em atividades solitárias, como a leitura, arte ou trabalhos intelectuais diversos.

Se permita ficar triste

Se permita ficar triste

Há momentos de tristeza plenamente justificados e eu já passei por muitos deles.

Familiares e amigos que nos deixam precocemente, reviravoltas na própria vida, e perdas que colocam muitos anos por água abaixo, e para tudo isso, temos que aceitar de cabeça erguida.

A vida não é um mar de rosas, sabemos, e nos momentos onde é inevitável sentir uma tristeza profunda, devemos compreender a natureza humana. Ela é capaz de sentir a alegria e também de se entristecer muito rapidamente.

Assim como a escuridão nos dá a oportunidade de melhor visualizar as estrelas, observe a tristeza, como quem observa a escuridão.

Vencendo a solidão.

Se imagine vencendo a solidão. Procure sua vida interior, mas sem ruminação, sem ficar repassando suas desgraças.

Saia de casa, aprenda a gostar dos outros e de si mesmo. Procure se entreter com o calor humano.

Quando estamos sozinhos temos uma tendência a procurar os contatos virtuais, as redes, mas devemos saber que isso não preenche a nossa necessidade de estar com as pessoas.

Se você está com fome, come. Quando está com sede, procurar um copo de água. Assim também, quando se sente só, deve procurar companhia, o contato humano, que é insubstituível.

Não se esconda na caverna.

Tempos duros e difíceis podem nos remeter para debaixo das cobertas, nem tanto uma depressão, mas uma vontade de sumir, se meter na caverna e se isolar.

Ao reconhecer essa emoção chegando até você, aceite, é algo natural, mas deixe ela se instalar.

Procure contato com pessoas, seus amigos e familiares – não fique sozinho – não se esconda na caverna.

Não se deixe aprisionar no labirinto de pensamentos negativos e baixa autoestima.