Só por hoje Posts

Qualidade dos pensamentos

Qualidade dos pensamentos

Temos que cuidar da qualidade dos pensamentos.

Somos vítimas de muitos pensamentos impuros.

Somos tomados pela inveja, o rancor, o ciúme e os ressentimentos.

Para ser feliz, como nos ensinou Gandhi: ”purifique seus pensamentos e tudo vai ficar bem”.

A preocupação que faz sentido

A preocupação que faz sentido

Sugiro que você se concentre na preocupação que faz sentido. Nós todos temos a capacidade de alimentar a nossa mente com uma enxurrada de preocupações que não fazem qualquer sentido.

Temos uma mania de catastrofizar a nossa vida, imaginar as piores coisas acontecendo, não só para nós mas também para os outros.

É como se o fim do mundo estivesse próximo.

Nada disso faz sentido.

O mundo está melhorando, os problemas críticos estão sendo atacados,  e devemos acreditar, mesmo que o noticiário aponte o contrário.

Como sempre afirmo, as notícias que são veiculadas são as piores.

If it bleeds, it leads – se sangrar, vai pegar, é o ditado que regra o mundo do noticiário.

E do ponto de vista pessoal, analise se a sua vida não está melhorando?

Faça um juízo das coisas ruins que imaginou que ia acontecer contigo e não aconteceram.

Olhe para a própria vida com um olhar positivo.

Você está vivo, e muito embora as preocupações te atormentem no presente, o futuro será melhor. Acredite em si mesmo e olhe para a frente imaginando muitas possibilidades que podem se concretizar.

A zona de conforto pode te isolar, mas também pode te proteger

A zona de conforto pode te isolar, mas também pode te proteger

Todos nós pensamos numa zona de conforto, especialmente quando nos sentimos em crise ou ameaçados. Não devemos nos isolar por qualquer coisa, nem ativar o espírito de ermitão.

Mas quando nos sentimos tristes e deprimidos, uma boa receita é buscar a zona de conforto de cada um.

É um artifício mecânico, mas é uma pausa para o sofrimento que estamos experimentando.

Ligue para alguém quando estiver se sentindo sozinha

Ligue para alguém quando estiver se sentindo sozinha

Não se isole quando estiver com dificuldades. Algumas pessoas escolhem se proteger debaixo das cobertas, um comportamento que lembra a nossa infância, mas não tem qualquer efetividade quando os problemas são reais.

Conversamos todo o mundo pelo celular, mensagens e recados, mas quando a coisa pega, ficamos ruminando e não nos ocorre ninguém para ligar e pedir alguma ajuda.

O que está acontecendo?

Preste atenção nos detalhes do seu cotidiano

Preste atenção nos detalhes do seu cotidiano

Fique atento para os detalhes do seu cotidiano. Aproveite a caminhada e preste atenção em tudo que se passa no dia a dia.

Não deixe a vida passar em branco. A vida se passa enquanto perseguimos os objetivos.

A vida não é o que vivemos e sim o que lembramos que vivemos.

Os maiores obstáculos à felicidade

Os maiores obstáculos à felicidade

Falo muito dos obstáculos à felicidade, e tenho um material que está se transformando num futuro e-Book que devo disponibilizar gratuitamente. Leio muito sobre o que outros especialistas apontam como obstáculos, e recentemente ao ler uma postagem no blog budista – find happiness. Aprendi que um obstáculo à felicidade é enxergar apenas o problema em si, sem perceber que o maior problema está na nossa mente, na maneira como vemos as coisas. Isso é sem dúvida o principal insumo para a ruminação interminável que frequentemente fazemos quando estamos enfrentando um problema em particular.

A discussão antiga sobre o materialismo e a felicidade

A discussão antiga sobre o materialismo e a felicidade

Dinheiro traz felicidade?

Devo comprar um bem ou investir numa viagem de férias?

É uma luta diária se se proteger um pouco de tanto apelo materialista.

O novo modelo do celular, o carro novo, a roupa de marca, a aparência, a imagem, enfim, vem de todos os lados.

Devemos entender que a escalada do materialismo é fonte segura de realização apenas para as grandes corporações, e não para nós, simples indivíduos.

Esses poderosos arrumaram até um mecanismo para não termos que nos deslocar para o shopping center para comprar as últimas novidades, podemos fazer isso pela internet.

Leo Babauta do ZenHabits passa algumas recomendações para se livrar do materialismo.