Satisfação Posts

O positivo é uma escolha

O positivo é uma escolha

Temos uma mente catastrófica que adora grudar no negativo, e por isso se diz que o positivo é uma escolha. Temos que nos vigiar para não nos algemarmos às coisas negativas que nos acontecem. As coisas positivas são muitas, mas a nossa mente age como velcro para negativas e como teflon para as positivas.

Segunda-feira

Segunda-feira

Segunda-feira é um bom dia para começar qualquer coisa, e nós temos o costume de dar esse sentido de recomeço, proposição, determinação, projetos e sonhos. Mas do mesmo modo que decidimos, desistimos. Vic Johnson escreveu um livro 52 Mondays que nos ensina como parar de desistir e chegar até o fim nas nossas determinações.

As recordações de feridas passadas

As recordações de feridas passadas

Passamos muito tempo de nossas vidas nas recordações de feridas passadas, um sentimento de que elas nunca se fecharam.

A vida nos prega muitas peças, somos atropelados sem aviso, e acabamos com muitas cicatrizes, mas a vida é a vida. Seguimos adiante, olhando para o futuro com otimismo e fazemos tudo para que hoje seja melhor que ontem.

Ouse ser você mesma

Ouse ser você mesma

Ouse ser você mesma, reflita sobre o caminhar da vida sob a própria perspectiva.

Disse o grande pensador americano Ralph Waldo Emerson:” é muito difícil ser você mesmo, quando o mundo fica constantemente te dizendo para ser outra coisa”.

Hoje em dia, as pressões sociais são enormes, querem nos conformar, enquadrar e quem sai da curva normal acaba se isolando.

O materialismo exacerbado nos empurra para comprar o que não precisamos, com o dinheiro que não temos para impressionar pessoas que sequer gostamos.

O primeiro beijo é mágico e o segundo…

O primeiro beijo é mágico e o segundo…

Dizem os estudiosos que explicam a adaptação hedônica que o primeiro beijo é mágico, o segundo é íntimo e o terceiro é rotina. O ser humano tem a capacidade de se adaptar a tudo, coisas boas e ruins. Essa capacidade provoca uma letargia aos relacionamentos amorosos, que em muitos casos acaba em infidelidade.

Não seja do tudo ou nada

Não seja do tudo ou nada

Não seja partidário do tudo ou nada, inflexível, intolerante e perfeccionista

O perfeccionismo é uma barreira à felicidade. Há dois jeitos, o meu jeito e o jeito errado, e assim tudo tem que ser do meu jeito. Quando adotamos o tudo ou nada – criamos uma condição impossível de satisfazer.

Aceite o resultado quando ele é razoável.

A atitude do tudo ou nada nos impede de aceitar as pessoas

Não se deixe consumir pela raiva

Não se deixe consumir pela raiva

Temos muitos motivos para sentir raiva, é uma coisa natural que vem lá de dentro do nosso ser ancestral. No entanto, temos que atentar para o fato que a raiva pode consumir a própria pessoa, e temos que fazer alguma coisa para evitar.

É um mal que infligimos a nós mesmos, e fazemos mal ao ambiente e às pessoas à nossa volta.

Nos ensina Thich Nhat Hanh em seu livro “Aprendendo a lidar com a raiva”,