Rotina Posts

Pronto para aproveitar a vida.

A vida é como uma canção bonita. Alguns versos tocam o coração, o refrão que se repete, uma dissonante que dá um leve estresse. Por isso tudo o conjunto melodioso prende a nossa atenção, nos dá satisfação, mesmo quando o compasso é uma repetição.

A vida cotidiana é assim, acordamos, vamos trabalhar no mesmo lugar, na maioria das vezes para dar continuidade ao que iniciamos outro dia, mas sempre nos surpreendemos com novidades. O mesmo acontece na vida familiar, os filhos, a casa, os cachorros, tudo parece igual, mas certamente diferente, e estamos sempre aprendendo algo novo.

Soluções simples.

Aceite as soluções e deixe lado a busca da perfeição. Podemos adiar indefinidamente a solução de um problema, com o nosso ímpeto perfeccionista, buscando uma solução ideal.

Com isso, acabamos perpetuando o problema e seus reflexos dele na nossa vida.

Em muitas das situações, temos que ser práticos, e resolver de pronto o que está nos incomodando.

Alguns problemas são complexos e vamos conviver com eles anos, mas a maioria dos problemas exige apenas uma ação simples, direta e objetiva.

Não é nada pessoal.

Observamos a montanha, majestosa e devemos mirar no seu exemplo quando se trata de enfrentar as adversidades da vida.

É uma metáfora muito boa.

Ela é bombardeada milhões de vezes pelos ventos, tempestades, granizo, e continua impassível, elegante, humilde, mas portentosa. E o mais importante, ela não leva nada pelo lado pessoal, eu imagino.

O mesmo não acontece com a gente. Qualquer coisa que acontece de errado, temos uma tendência de levar para o lado pessoal.

Saber e sentir – uma experiência humana.

Somos seres pensantes, não temos dúvida.

Mas a experiência humana se completa com o sentir, experimentar, aprender com o exercício e a prática.

O potencial humano se desenvolver em cima do saber e do sentir.

Sabemos, conhecemos, refletimos, elaboramos e compreendemos, mas o real potencial humano se realiza quando exercitamos, praticamos e sentimos a realidade.

Um pai sem estresse.

Durante muitos anos fui um pai estressado.

Não sei se a carga que os meus dois filhos me impuseram foram demais da conta, ou eu simplesmente não estava preparado para uma empreitada tão laboriosa.

Ser pai vem acompanhado de muitas alegrias, e vê-los adultos, caminhando com as próprias pernas, resolvendo os próprios problemas traz uma satisfação enorme.

As minúsculas facetas do mundo.

As minúsculas facetas do mundo que perdemos a chance de apreciar.

As coisas pequenas mas grandiosas que estão fora do nosso olhar ambicioso – que só vê coisas grandes.

As pequenas coisas que estão longe e escondidos do nosso julgamento. Diria que são as coisas que estão no nosso ponto cego.

Os fundamentos do Nobel de Economia Daniel Kahneman foram comentados num artigo antigo do Finantial Times sobre a felicidade e as minúcias da vida cotidiana.

O fluxo natural da experiência.

Deixe a vida te ensinar.

Não devemos lutar contra a corrente natural da experiência pessoal.

As adversidades vêm e vão – e nos ensinam um bocado de coisas.

Tudo que você sabe hoje, e não digo da matemática ou biologia, mas sim da perseverança, honestidade, compaixão, amizade, cooperação e tantos outros elementos, você os aprendeu de experiências passadas.