Responsabilidade Posts

9 dicas para você ter mais controle sobre sua vida

9 dicas para você ter mais controle sobre sua vida

Você pode não ser responsável por tudo que acontece na sua vida, afinal, a vida é muito complexa e muitos fatores são hiperconectados. No entanto, você colhe o que planta, e tudo que você faz, escolhe e decide têm implicações diretas na sua vida.

Não fique culpando tudo e todos pelas coisas que acontecem contigo.

Isso demonstra apenas que você é um fantoche dos outros e das outras coisas.

Assuma a sua responsabilidade e assuma o controle de sua vida.

Fácil dizer, mas é uma tarefa árdua de todos os dias.

Feliz por fazer a sua parte

Feliz por fazer a sua parte

Sinta-se feliz por ter feito o que estava ao seu alcance.

Nem sempre os resultados são aqueles que esperamos, mas devemos ficar satisfeitos e felizes por termos feito a nossa parte da melhor maneira possível.

Ao adotarmos uma atitude construtiva, estamos de uma maneira ou de outra contribuindo para melhorar o mundo à nossa volta.

Devemos ficar felizes em darmos a nossa contribuição.

É compreensível que não temos a capacidade de mudar o mundo. Não somos tão poderosos assim – mas temos a responsabilidade de contribuir para melhorar o lugar onde estamos.

Isso vale para o local de trabalho, para a família, para a vizinhança, para as relações pessoais. Especialmente importante na construção de valores morais e éticos adequados para cada comunidade.

A escolha clara

Podemos ficar confusos sobre a melhor escolha. Quando ponderamos com serenidade, um pouco descontaminados da forte emoção do momento, podemos enxergar melhor as nossas escolhas.

Escolher com clareza é colocar as coisas nas devidas proporções. Sem descuidar de si mesmo, das prioridades permanentes da vida, a saúde, a família, as amizades, a segurança financeira e pessoal.

Coisas boas – você merece

Você merece, e imagine o melhor para você, coisas boas acontecendo de montão.

Afaste a negatividade e acredite mais no seu taco, confie que vai dar certo.

Sei que as dificuldades podem ser enormes e os problemas que vem por atacado, mas uma coisa por vez e você passar por tudo isso.

Não queira mudar a sua realidade num passe de mágica, as coisas acontecem lentamente e alguns resultados demoram a aparecer. Mas não devemos nos desanimar, nem com as circunstâncias nem consigo mesmo.

O poder da responsabilidade

É impressionante como as coisas mudam quando assumimos a responsabilidade.

Enquanto conduzimos nossas atividades como coadjuvantes, nem assumimos como nossas as próprias ações nem os resultados.

Por outro lado, quando nos colocamos como protagonistas, atores principais, tudo muda de figura, pois nos sentimos senhores dos próprios atos e responsáveis pelos resultados.

Assim acontece na nossa vida. Ao deixarmos a vida à deriva, como se não fosse com a gente, os resultados não acontecem, não realizamos nada e invariavelmente seguimos desanimados, desmotivados.

Como sempre desejei.

A vida é um pacote completo, e nem sempre as coisas transcorrem como desejamos.

Temos que aceitar as coisas que estão fora do nosso controle, abrandando um pouco o nosso ímpeto de querer o mundo como idealizamos.

Temos sim a capacidade de transformar muita coisa que nos cerca e dar uma real contribuição para um mundo melhor. Não raro, nos empenhamos em mudar o que está fora do nosso controle, a começar por mudar as outras pessoas.

Essa atribuição não nos foi delegada, e temos que aceitar as pessoas como são. É bom evitar a tentação de querer enquadrá-las conforme o padrão ideal que temos no nosso juízo.

Comece agora.

Não importa quantas vezes você tenha falhado, o sucesso ainda assim, está ao alcance da sua mão.

Agora, neste exato momento, você está no fim do seu passado, mas está no começo do seu futuro. Não negligencie a sua vida, construa, realize os seus sonhos.

Se você está desapontado com o modo como as coisas andam, agora é a chance de mudar o rumo, fazer diferente, fazer certo, dar tudo de si.

Você já é maduro o suficiente para saber que a sua vida é fruto e consequência dos seus atos e decisões. Assuma o comando do navio, não o deixe à deriva. Nem tanto o que dizem os outros, nem tanto o que dita a sociedade de consumo.