Preocupação Posts

Deixe o passado e o futuro voltarem para o seu lugar.

Tire a sua cabeça dos arrependimentos de coisas passadas.

Tire a sua cabeça de preocupações excessivas sobre o futuro.

Deixe que o passado e o futuro voltem para o seu lutar, e assim você pode voltar a sua atenção para o momento presente, que é quando a vida acontece de verdade.

Coloque o bilhetinho na sua mesa de trabalho com a palavra AGORA.

O medo de não ter o suficiente.

Às vezes temos medo de não ter dinheiro suficiente para mandar os filhos para a universidade, para bancar uma cirurgia complicada, para enfrentar crises financeiras e tantas outras questões de dinheiro.

Mas não é só isso que nos traz medo. Temos medo também de não ter paciência para lidar com os filhos quando eles atingirem a adolescência, não ter coragem para lidar com perdas familiares ou energia para lidar com crises conjugais.

Seja verdadeiro consigo próprio.

Examine o que anda se dizendo, que desculpas dá a si próprio.

Seja honesto consigo próprio e oriente a sua vida para aquilo que realmente vai te fazer feliz.

Pegue um assunto de cada vez, por exemplo o relacionamento amoroso.

Não!

Uma técnica que aprendi com a Prof. Sonja Lyubomirski da Universidade da Califórnia em seu livro A Ciência da Felicidade para interromper a ruminação.
A ruminação é quando ficamos frequentemente mastigando um assunto, um incidente, uma situação que aconteceu conosco ou que imaginamos que vai acontecer no futuro.

A obsessiva preocupação com o amanhã.

Uma coisa que aprendi a duras custas é parar de me preocupar com as coisas que não vão acontecer.

Amanhã vai ser um bom dia.

Quando preocupamos com o futuro, arruinamos o presente, diz o ditado.

A preocupação não nos deixa mais preparados para enfrentar os problemas do futuro.

As aflições do futuro.

As aflições do futuro podem nos imobilizar. O homem é o único animal que antecipa os problemas do futuro e fica remoendo isso na cabeça – a conhecida ruminação.

Se nos conscientizarmos que a maior parte dos problemas que ruminamos não irão sequer acontecer, damos o primeiro passo para reduzir tanta preocupação.

As aflições do futuro atingem todos os setores da nossa vida. O bebê vai adoecer, o avião vai cair, o carro vai se acidentar, vou perder o emprego, vou morrer jovem, enfim, toda sorte de preocupação infundada pode atingir a nossa mente.

A mente catastrófica.

A nossa mente catastrófica pode nos arrumar muitas confusões.

Comentei várias vezes que somos os sobreviventes dos homens das cavernas, e por isso mesmo, herdamos o seu gene vencedor.

Uma das características que herdamos é o catastrofismo.

Aqueles indivíduos que não pensaram o pior, a neve, a invasão, as inundações e portanto não se prepararam, acumulando alimentos e se protegendo, não sobreviveram. Por outro lado, aqueles que assim fizeram, ficaram para contar a história e nos passaram os seus genes.