Preocupação Posts

Amanhã merece crédito.

Dê crédito ao seu amanhã. Não tenho nenhuma evidência que o dia de amanhã será uma catástrofe. Muito pelo contrário, acredito que amanhã será mais um dia abençoado, com coisas boas acontecendo.

Devo parar de me preocupar excessivamente com o futuro. Amanhã é outro dia, e sei que pode ser melhor.

Fiz a minha parte e tenho me empenhado – vai dar certo – não há porque dar errado.

Um dia depois do outro, os projetos vão se concretizando e as surpresas agradáveis chegam sem explicação.

O futuro sombrio que pode não chegar.

Se empenhe para um futuro melhor, e aproveite a vida agora mesmo. Quando ficamos excessivamente preocupados com a tempestade que pode chegar, deixamos de apreciar o dia ensolarado e formoso que faz hoje.

Aproveite a vida já, e tire o olhar daquelas nuvens sombrias lá no horizonte, elas podem muito bem se desviar do seu caminho.

Pense por um minuto – quantas coisas ruins que você imaginou, não passaram nem perto da sua vida.

Óleo na dobradiça da porta.

Uma coisinha de nada e elimina um desconforto diário, da porta rangendo nos ouvidos.

Isso acontece com um mundo de coisas na vida da gente.

No nosso convívio, e nos relacionamentos, empurramos com a barriga e convivemos indefinidamente com um desconforto que seria melhor abrandar, se não eliminar.

Por vezes é bom se afastar da pessoa, quase sempre, uma conversa honesta e objetiva é capaz de aparar arestas que estão nos incomodando.

Às vezes, o incomodo é pequeno, mas isso, de maneira crônica, acaba minando a nossa energia.

Viva a vida por você.

Não crie tanta dependência de outras pessoas. Viva a vida por você. Faça por você, e assuma a responsabilidade sobre a sua felicidade.

Queremos cuidar muito dos outros, e mais grave do que isso, ficamos permanentemente bisbilhotando a vida dos outros, como se aquilo que se passa com os outros fosse mais importante que aquilo que acontece conosco.

O poder da nossa mente.

O maior poder que temos para mudar a realidade, não é atuando sobre ela, mas mudando a nossa mente e a maneira como enxergamos cada coisa na nossa vida.

Nas adversidades, podemos enxergar lições e aprendizagem.

Nas realizações e alegrias, podemos enxergar bênçãos e experimentar a gratidão.

Mas podemos também fazer o oposto. Mesmo com evidências positivas, enxergar o desastre o fracasso.

Se desligue, mas não negligencie.

Frequentemente ficamos tão envolvidos emocionalmente com determinado problema, que sentimos que ele contamina tudo no nosso cotidiano.

Isso acontece com doença em família, problemas financeiros, conflitos no trabalho e tantos outros assuntos.

É bom desenvolver um desligamento emocional, um distanciamento responsável.

Se desligue, sem negligenciar. Não é largar de mão, ou deixar de lado, mas simplesmente guardar uma distância adequada.

Não quero que aconteça de novo.

Tanta coisa inesperada e desagradável acontece com a gente. Às vezes penso – não quero que aconteça novamente.

Temos que tomar algumas providências, e bloquear o encadeamento dos eventos para que o mal não se repita.

Pode ser um desconforto financeiro, desavenças familiares ou mesmo a perda de um emprego.

Muito embora não sejamos os donos completos das circunstâncias, e tanta coisa acontece à nossa revelia, podemos fazer alguma coisa. Temos condições de criar mecanismos para evitar que tudo volte a acontecer da mesma maneira.