Pessimismo Posts

Copo quebrado

Copo quebrado

Deixe o copo quebrado ser apenas um copo quebrado. Não exagere nos pensamentos negativos. Dê espaço para o positivo entrar na sua vida. Todos nós temos uma tendência a se apegar às coisas negativas.

Aceite o copo quebrado

Aceite que coisas ruins aconteçam a ti, mas não deixe que os pensamentos negativos permaneçam indefinidamente na sua mente. Não transforme um pequeno transtorno num problema sem tamanho.

Examine o que te aconteceu e dê a devida importância. Trate-o pela dimensão real, sem exagerar, sem catastrofizar.

Não deixe que uma coisinha à toa te tire do sério ou estrague o seu dia que está apenas começando.

A vida é difícil para qualquer um e ninguém está livre de experimentar transtornos e tropeços, mas a vida é mais do que isso.

Tenha um perspectiva positiva sobre o futuro

Não fique imaginando que agora tudo vai ficar ruim, que o teto vai desabar.

Uma coisa ruim não leva necessariamente a uma corrente de coisas ruins.

Se você reconhece que algo ruim acaba de acontecer contigo, já está a meio caminho de se preparar e prevenir para que outras coisas ruins não se sucedam.

A mente humana é assim mesmo, se agarra feito velcro em maus pensamentos e deixa os bons pensamentos escorregarem feito teflon. Assim sou eu e assim é você.

Saboreie cada bom momento

Aproveite cada momento bom na sua vida.

Saboreie, e deixe o bem entrar em você.

Evite que o mal humor e o gosto ruim na boca contamine a sua vida. Deixe o bem dominar.

Quando fazemos uma cara feia diante de um obstáculo, criamos limitações para perceber as oportunidades.

Busque ser mais sereno, respire fundo.

Quando algo bom acontecer contigo, não deixe passar tão rapidamente. Deixe ele ficar contigo um pouco mais, não se apresse, simplesmente deixe o tempo rolar em câmera lenta e saboreie o momento.

Saboreie a vida.

Rubens Sakay

 

Aceitar para não sofrer

A dor pode ser inevitável, mas o sofrimento é opcional, e a receita infalível é aceitar para não sofrer.

Pode parecer estranho ou mesmo fatalístico, mas é científico. A aceitação tem o poder de aliviar a dor, além de reduzir o apego com as coisas boas da vida.

Esteja em paz e fique bem

Esteja em paz e fique bem

Esteja em paz, e fique bem, encarando a realidade com coragem e determinação.

Qualquer que seja a situação, temos que fazer a nossa parte para tornar esse mundo melhor. Não podemos tudo e não podemos mudar o rumo de muitas coisas, mas cabe a nós assumir a responsabilidade pela nossa vida.

Não podemos deixar correr sem rumo. O rumo é esse, sem rancor, sem ressentimentos.

Dê prioridade aos amigos

Dê prioridade aos amigos

Valorize as amizades, os relacionamentos; dê prioridade aos amigos.

Este mês fomos todos surpreendidos com o lançamento do programa do governo britânico de Thereza May, estimulando e orientando o país todo a dedicar atenção aos relacionamentos. Dizem que May recomenda que os médicos prescrevam mais relacionamentos e nem tanto medicamentos.

Diferenças políticas

Diferenças políticas

Procure conduzir as conversas para um pouco além das diferenças políticas. Essa limitação que todos no mundo experimentamos, rompem relacionamentos, nos tornam mais preconceituosos e deixamos de aproveitar o que cada pessoa tem de bom.

Um insight:

Li recentemente um artigo de Sharon Shuster e Susan Jerison sobre “Dez dicas para estimular as pessoas a falarem além das suas diferenças políticas”. A reflexão que elas fazem sobre a sociedade americana se aplica diretamente na nossa e muitas outras que vivem rupturas políticas e embates nacionais em torno de práticas, ideologias e lideranças.

Pessoas inteligentes e sensatas não conseguem compreender os outros ou mesmo estabelecer uma ponte entre o que um diz e o outro contesta. Trazem para a arena da discussão, temas e aspectos tão complexos tais como as diferenças raciais, culturais e religiosas, e o ambiente não sinaliza para qualquer entendimento.

Discussão embolada:

Os temas tão importantes para o desenvolvimento de uma nação, erradicação da pobreza, corrupção, governança, constância de propósitos, ética e moral, qualidade das instituições são todos embolados na polarização, que muito longe de ser um problema, é também um ingrediente da política.

A democracia e o estado de direito ficam também em segundo plano, tal é o calor das discussões.

Convergência:

A tão desejada convergência deve acontecer nos temas de interesse comum.

Ninguém quer menos educação, menos saúde, mais desigualdade, mais corrupção e assim por diante.

Temos que encontrar colaboração nos assuntos críticos para o país, para o bem público.

Sem o calor o desconforto e o conflito da polarização, podemos discutir soluções adequadas e trabalhar juntos para colocá-las em prática, diz os autores.

Somos todos impactados:

Procure assuntos que impactam todos numa sociedade, temas pouco controversos, segurança pública por exemplo.

Ninguém discorda que o crime tem que ser punido, e que a segurança dos indivíduos e do patrimônio de cada um precisa ser protegido.

Construa um lugar comum, leve a conversa para coisas que todos concordam.

Traga para a discussão a opinião imparcial e técnica de pessoas experientes e reconhecidas na área.

O sucesso que todos concordam:

Todos concordam o que é bom para a sociedade, discordam apenas da maneira, da ação governamental, da liderança dos políticos.

Trabalhe mais a figura desse sucesso, do bom, do adequado. Não avance adiante se as discordâncias são insuportáveis. Não jogue lenha na fogueira.

Concordar com alguma coisa já é bom.

Veja no caso dos Estados Unidos, todos concordam que precisam acabar com os tiros e mortes nas escolas.

Foco mais apertado:

Não amplie a discussão, pois as discordâncias podem aparecer.
Discordâncias são importantes para se construir qualquer coisa, mas estamos apenas querendo preservar o ambiente, as relações.

Linguagem:

Procure usar uma linguagem mais neutra, sem rótulos e preconceitos.

Ambiente colaborativo:

Deixe espaço para que todos falem, coloque sua ideia, sua contribuição.

Deixe a curiosidade navegar, pergunte mais detalhes, procure entender.

Identifique tendências que algumas pessoas têm de dominar a discussão. Interfira de maneira educada.

Procure juntar pessoas que concordam, e construa uma base comum. Conecte as pessoas.

Aprendizagem:

Acima de tudo, crie uma oportunidade para que uns aprendam com os outros.

Rubens Sakay

Coisas boas podem acontecer

Coisas boas podem acontecer

Aceite que coisas boas podem acontecer na sua vida. Olhe para o futuro que se desenrola e enxergue as possibilidades. Chances concretas, sem enrolação. Oportunidades que estão muito próximo de se abrirem na sua frente.

Uma versão melhor da realidade

Uma versão melhor da realidade

Procure desenhar uma versão melhor da realidade. Elimine os ruídos e as distorções que todos nós temos o costume de trazer para estragar o que estamos vivenciando neste exato momento.