Persistência Posts

Pense no sucesso e trabalhe para tê-lo com mais frequência

Pense no sucesso e trabalhe para tê-lo com mais frequência

Pense no seu sucesso, no significado que ele tem para você.

Numa oportunidade, eu coloquei meu terno chique, dirigi 400 km para disputar um concurso local de karaokê. Na minha categoria, com três candidatos, fiquei em terceiro lugar. Para mim foi um sucesso, pois aproveitei toda a preparação, o reencontro com os amigos, a confraternização. Enfim, a colocação fracativa não foi motivo para tirar o brilho da experiência.

O sucesso conduz à felicidade ou a felicidade conduz ao sucesso?

De novo a história do ovo e da galinha.

Não coloque a carroça na frente dos burros, vá com calma e não force as situações

Não coloque a carroça na frente dos burros, vá com calma e não force as situações

Muitas vezes perdemos a calma e forçamos as situações, o que acaba complicando mais a nossa caminhada. Temos muita ansiedade para ver as coisas resolvidas e projetos concluídos.

Às vezes tentamos encaixar coisas que naturalmente não se encaixam.

É como o bebê tentando encaixar o cubo no buraco redondo.

Nós nos alteramos quando falamos, forçamos a barra para as coisas acontecerem.

Não raro, isso resulta em atrito, conflito e infelicidade. Tenha calma. Às vezes é bom deixar a poeira se assentar e voltar com calma para buscar a solução adequada.

Como se exercitar pode te deixar feliz (e mais ainda em grupo)

Como se exercitar pode te deixar feliz (e mais ainda em grupo)

Temos um corpo físico que pede para estar em movimento. Não podemos perder qualquer oportunidade para se movimentar, nem que seja um pouquinho.

É comum estimularmos as crianças à prática de esportes, levando-as aos ambientes de grande competição.  Às vezes o ambiente acaba inibindo-as, e depois, quando adultos, fica um trauma residual difícil de vencer.

É importante a prática de esportes e exercícios físicos para uma vida saudável e feliz. Aprender um novo esporte é uma recomendação interessante em qualquer idade.

Quando adultos, inventamos muitas desculpas para nos afastar dos esportes: cuidar dos filhos, trabalho, deveres do lar, cansaço, cuidar dos pais, cuidar dos sogros, os trabalhos da igreja e a conhecida preguiça.

A possibilidade de agir e fazer acontecer é uma benção

A possibilidade de agir e fazer acontecer é uma benção

Temos sempre a possibilidade e a escolha de como vamos levar a nossa vida.

Nós temos o hábito de inventar mil justificativas para não sair a campo, fazer as coisas, muda o curso da nossa vida.

Não devemos ficar presos nas análises intermináveis.

As questões podem ser difíceis, e um trajeto longo até os resultados aparecerem, mas a possibilidade de atuar, e a capacidade para tal, já em si é uma benção.

Não fique ruminando em cima das dificuldades. Nenhum resultado vem sozinho sem que tomemos a iniciativa de agir naquela direção.

Aprenda mais sobre si mesmo atentando para as suas reações ao que acontece

Aprenda mais sobre si mesmo atentando para as suas reações ao que acontece

As nossas reações podem não ser adequadas para aquilo que estamos vivenciando.

Reagimos a tudo que nos acontece de acordo com aquilo que somos, sentimos e pensamos.

É como um espelho que rebate o que está na frente.

Nós somos assim.

O que aconteceu ontem não deve te impedir de prosseguir hoje

O que aconteceu ontem não deve te impedir de prosseguir hoje

Não deixe que aquilo que aconteceu ontem represente uma barreira severa para aquilo que você pretende fazer hoje. Deixe ir o pensamento negativo relacionado com algo que tenha ocorrido no passado recente.

A nossa mente tem a capacidade de nos pregar essa peça horrível, que é pensar seguidamente e insistentemente nos erros e nos reveses do passado.

Libere-se dessa armadilha. Deixe o seu pensamento mais livre para decidir e agir naquilo que repercute no seu futuro, ou seja, aquilo que você está por fazer agora mesmo.

A força interna e o que mais orgulho de ter feito

A força interna e o que mais orgulho de ter feito

Às vezes nos sentimos impotentes e incapacitados para lidar com um problema grave. Sabemos que temos que nos levantar e seguir a luta, mas as forças que nos colocam para baixo são muito fortes.
Simplesmente nos sentimos exauridos, depletados.

Uma das lições mais poderosas que aprendi, foi percorrer a minha memória e recuperar o momento no qual dediquei o melhor de mim.

Faça esse exercício você mesmo, vasculhe sua memória e pontue aquilo que você mais se orgulha de ter feito. Você vai ver que este evento não é carregado de materialismo, ganância ou egoísmo.