Objetivos Posts

Tentando resolver os problemas que já foram resolvidos

Tentando resolver os problemas que já foram resolvidos

Os problemas tendem a ocupar a nossa mente mesmo quando já foram resolvidos.

Isso acontece por várias razões. Podemos não estar plenamente confiantes com a solução dada, a escolha feita ou o encaminhamento dado ao problema e com isso, mesmo depois de resolvermos o problema, ele fica retornando continuamente à nossa mente. Também, quando não aceitamos a solução dada, ficamos matutando em outra solução, mesmo que a solução seja irreversível, e isso se torna também uma ruminação sem fim.

Ocupar a mente com os problemas é a nossa vida, afinal, temos tantos problemas a resolver, e a nossa capacidade é colocada à prova constantemente.

O seu futuro próximo pode salvar um dia ruim

O seu futuro próximo pode salvar um dia ruim

O futuro é construído em cada ação que empreendemos no momento presente.

“Entendemos o que somos olhando para trás, mas a vida deve ser vivida olhando para frente”. (Soren Kiekergard).

Assim como não devemos dirigir olhando no espelho retrovisor, a vida deve ser vivida olhando para frente.

Não dependa tanto dos outros e assuma a tarefa de cuidar de si mesmo

Não dependa tanto dos outros e assuma a tarefa de cuidar de si mesmo

Assuma a tarefa de cuidar de si mesmo. Queremos a independência e autonomia desde cedo. Quando garoto, me lembro da aventura de fazer as coisas sozinho. Ainda jovem, a experiência de morar fora de casa foi uma mistura de liberdade, excitação e frustração. Mas a vida é mesmo difícil, a vida social um tanto complexa e a dependência uns dos outros acaba sendo a realidade.

É verdade que todos cuidam dos entes queridos, mas não devemos esperar nem reclamar que outros cuidem da gente todo momento, e especialmente com o envelhecimento, temos que trazer de volta a nossa ansiedade por independência e autonomia.

Assuma sua vida e siga confiante no seu caminho

Assuma sua vida e siga confiante no seu caminho

Às vezes seguimos tão anestesiados na vida que temos a impressão que estamos vivendo a vida de outra pessoa. É hora de parar para corrigir, não só o rumo, mas a nossa atitude.

O caminho certo para um pode não ser certo para outro. Cada um tem seu trajeto.

Não existe um mapa, as sinalizações são sutis e por isso, temos que prestar muita atenção para não nos perdermos.

O combustível é a realização, o entusiasmo e a busca pessoal.

A força interna e o que mais orgulho de ter feito

A força interna e o que mais orgulho de ter feito

Às vezes nos sentimos impotentes e incapacitados para lidar com um problema grave. Sabemos que temos que nos levantar e seguir a luta, mas as forças que nos colocam para baixo são muito fortes.
Simplesmente nos sentimos exauridos, depletados.

Uma das lições mais poderosas que aprendi, foi percorrer a minha memória e recuperar o momento no qual dediquei o melhor de mim.

Faça esse exercício você mesmo, vasculhe sua memória e pontue aquilo que você mais se orgulha de ter feito. Você vai ver que este evento não é carregado de materialismo, ganância ou egoísmo.

Tenha uma vida plena, cheia de contentamento

Tenha uma vida plena, cheia de contentamento

Procure uma vida com significado.

Não encha a vida de compromissos sociais banais, encha a vida do que realmente te traz satisfação. Faça o que realmente lhe dá prazer e tenha a ver com os seus propósitos.

Aprenda a decifrar o que vem lá de dentro da sua alma. Entenda as chamadas do seu ser interior.

Se você não recebe chamada alguma, e vive por conta do mundo exterior, do materialista e da futilidade, fique atento – você pode receber a chamada quando for tarde demais.

5 coisas para se dedicar menos e 6 para se dedicar mais para simplificar a vida

5 coisas para se dedicar menos e 6 para se dedicar mais para simplificar a vida

As pressões do cotidiano nos convidam para muitas complicações, e por esse motivo, temos que simplificar a vida em tudo que for possível.

Isso não quer dizer tirar o prazer de viver, mas sim evitar sobrecarregar os compromissos sociais e exagerar no consumo de tudo.

A correria do dia a dia, a agenda cheia e um estilo de vida sofisticado pode não deixar tempo nem tranquilidade para se dedicar a si próprio.

O prazer de viver está nas coisas simples.