Objetivos Posts

Mude para melhor, aceite o convite para mudar

Mude para melhor, aceite o convite para mudar

Mude para melhor, e abra os olhos para as oportunidades que você para mudar a si mesmo.

Escreveu Viktor Frankl no seu memorável livro “Em Busca de Sentido”, que quando não conseguimos mais mudar as circunstâncias, estamos sendo desafiados a mudar a nós mesmos. Isso é a pura verdade.

Sutil arte de ligar ou desligar

Sutil arte de ligar ou desligar

A sutil arte de ligar o F, na minha visão é a arte deliberada de se desligar de uma porção de coisas que não nos diz respeito. É um recurso valioso para reduzir o estresse e aprender a cuidar mais de si mesmo. Tirar o foco em outras pessoas. Este é o melhor ensinamento de Mark Manson no seu best-seller.

A sutil arte de ligar o F é se desligar:

O título do livro de Manson parece ofensivo, algo que não gostaríamos de ouvir numa conversa séria em família. Na verdade o título adotado no Brasil confunde um pouco o sentido que o autor deu à sua abordagem.

O nome correto do livro, e que traduz o “I gon’t give a f*ck”, seria “Eu não dou a mínima”.

Na explicação detalhada do autor, vem o ensinamento precioso de aprender a se importar com as coisas que realmente importam.

Meu vizinho comprou um carro mais bonito que o meu: “Eu não dou a mínima”.

O meu cunhado conseguiu um emprego melhor que o meu: “Eu não dou a mínima”.

Porque?

Uma recomendação para descobrir se você está se importando por muita coisa boba, é se perguntar porque você se importa com alguma coisa, e veja o que você descobre.

É bem provável que você chegue à conclusão de que está colocando muita coisa no seu radar que não deveria estar lá. Carregando muita coisa na sua mochila que não é seu negócio; pedras, peso morto, ferro-velho.

Veja se tudo isso não é motivado por insegurança, egoísmo, inveja e outros sentimentos negativos.

Um herói crítico:

Manson comenta sobre o “Disapointing Panda”, o herói que ninguém quer ter, aquele que fica te criticando no bom sentido, apontando para aspectos duros da sua vida. Ninguém precisa de um herói como esse, mas todos deveriam representar esse papel consigo mesmo. 

Se ligue naquilo que te diz respeito:

Não dar a mínima, na leitura de Manson não quer dizer se desligar de tudo, deixar tudo correr solto.

É na verdade se importar com aquilo que é a sua vida, e deixar a vida dos outros em paz.

Como já comentei em postagem anterior: Cuide mais da sua vida.

Se ligue em si mesmo.

Rubens Sakay

 

O futuro não vem no futuro

O futuro não vem no futuro

O futuro não vem no futuro. Quero dizer que ele não se apresenta para você como futuro, mas sim como pequenas situações, circunstâncias e acontecimentos no momento presente.

O futuro é uma ficção.

Acredite no amanhã

Acredite no amanhã

Dê uma oportunidade ao amanhã, construindo o futuro que você deseja, hoje mesmo. O futuro é melhor que qualquer passado.

Dê uma oportunidade ao amanhã, tomando as decisões adequadas e empreendendo as ações necessárias hoje.

Ser feliz hoje, se compenetrar na própria vida, construindo o seu destino, pavimentando o seu caminho é a melhor maneira de contribuir para um futuro melhor, especialmente para você mesmo.

Assim como a areia que passa no gargalo da ampulheta, o futuro é construído no hoje, no agora.

O futuro não acontece lá na frente, e repentinamente.

Preocupe-se em mudar a única pessoa que você pode: a si mesmo

Preocupe-se em mudar a única pessoa que você pode: a si mesmo

Se estiver com a mente ocupada no seu crescimento pessoal, eu diria que está com o tempo todo tomado. Temos uma tendência a querer mudar os outros, encaixá-los no nosso padrão de perfeição, e isso não é nada razoável, pois deve se preocupar em mudar a única pessoa que você pode – você mesmo. Cada um tem sua história, suas preferências e seus próprios problemas. Mantenha suas mãos ocupadas no trabalho de se tornar uma pessoa melhor, um passo de cada vez.

Se existe uma coisa que vale a pena investir toda a sua energia é mudar a si próprio. É algo que está totalmente no seu controle. Não depende de ninguém, e mais, o maior beneficiário é você mesmo.

Não deixe a vida correr solta, sem controle, sem timão

Não deixe a vida correr solta, sem controle, sem timão

O cotidiano tem o poder de nos colocar em piloto automático, nem percebemos e o ano já sei foi.

A felicidade está em viver intensamente cada momento. No entanto, os afazeres do dia-a-dia, frequentemente nos colocam anestesiados, insensíveis às emoções da vida. Isso pode significar tocar as tarefas no escritório, voltar para casa e tocar a lista interminável de coisas para fazer.

Lavar pratos e roupas pode ser uma atividade insana, pois tudo vai se sujar novamente.

Revele o melhor de si mesmo, mostre a sua melhor versão

Revele o melhor de si mesmo, mostre a sua melhor versão

Se concentre no seu crescimento pessoal.

Se existe uma maneira de drenar a sua energia é se comparar constantemente com os outros.

A comparação, no final das contas, dá uma sensação de superioridade ou de intimidação, e nenhuma delas é boa para você.

Ao contrário, trabalhe naquilo que você é. Mostre a sua melhor versão, o melhor de você.