Mentira Posts

Aceite a verdade

Aceite a verdade

Esteja aberto para a verdade e aprenda a aceitá-la sem resistência.

Sempre digo que aquele que não aceita a verdade vai estar sempre pronto para engolir a mentira.

Aqueles que se mostram duros e belicosos diante da verdade serão sempre enganados pelos companheiros, pela equipe de trabalho e pelos familiares. As pessoas lhe passarão sempre a perspectiva cor-de-rosa e irreal.

A virtude da honestidade

A desonestidade limita os nossos caminhos, enquanto a honestidade nos dá a liberdade de escolher, caminhar, empreender. As opções se restringem, e os amigos do peito se afastam e os familiares se sentem envergonhados quando escolhemos o caminho tortuoso.

Passamos a pertencer a outra classe, outra tribo.

A desonestidade limita os nossos relacionamentos, pois vamos conviver com pessoas que compactuam com o nosso comportamento.

Acredito que seja difícil viver em paz sendo desonesto, pois quando somos honestos, temos a verdade do nosso lado. Do contrário, estamos desamparados , entregues à maldade e a mentira.

Magoando quem nos cerca.

Às vezes assumimos comportamentos inconsequentes e temos a ilusão de que estamos ferindo somente a nós próprios, mas devemos saber que ferimos todos os que nos cercam, sejam amigos ou familiares.

É o exemplo do alcoolismo e a dependência química, que acabam por transbordar nos nossos entes queridos.

Quem negligencia com a própria saúde acaba deixando trabalho também para os outros, pois logo estará com alguma incapacidade física ou mental.

Devemos pensar em nós mesmos, mas temos que considerar o nosso pequeno grupo social de amigos e familiares, eles são a nossa vida, e o equilíbrio está na saúde plena de todos.

Mentir dá trabalho.

Às vezes pensamos que falar a verdade dá trabalho, mas saiba que mentir dá um trabalho enorme.

Aquele que mente, conta uma coisa diferente a cada situação, e quando questionado, precisa se lembrar de qual mentira estamos falando.

Quem fala a verdade tem sempre as palavras na ponta da língua.

Disse o escritor Mark Twain: diga sempre a verdade e você não terá que se lembrar de nada.

Evite o conforto da mentira.

Não fuja da verdade, mesmo que ela lhe pareça mais desconfortável.

Podemos ficar tentados a preferir o conforto da mentira, mas é um conforto ilusório, pois estamos pedindo para ser enganados sempre. As pessoas entenderão que preferimos a mentira, e é o que nos servirão daqui pra frente.

A verdade pode incomodar, pode doer, mas desde que os conflitos sejam administráveis, devemos preferir a honestidade da verdade.

Muita sinceridade pode atrapalhar, sabemos disso, pois evitamos dizer coisas sobre os outros, sem aplicar o devido filtro e o juízo adequado.

Não tenho mais tempo para isso.

O tempo parece uma variável elástica, por vezes rola devagar e preguiçoso, quando estamos num churrasco, com amigos, tomando uma cerveja. Em outros momentos, parece frenético, aos saltos, quando tempos que entregar um projeto já atrasado.

Mas o tempo é um só, e é precioso em cada minutinho, e a vida é uma só, e vive-la plenamente é justamente o que estamos fazendo aqui.

Já não tenho tempo para muita coisa, e uma delas é cuidar da vida alheia.

Seja autêntico.

Não tenha medo de ser autêntico. Seja você mesmo.

A discussão sobre a autenticidade é cada vez mais atual.

Até o Papa Bento XVI comentou, e foi citado no artigo da New York Times sobre a autenticidade. Diz o Papa que é difícil ver a autenticidade em tempos de redes sociais, na minha opinião, a preocupação do Papa faz sentido.