Meditação Posts

Está dentro de você

Está dentro de você

Seja lá o que está procurando, está dentro de você. A felicidade, a realização, a satisfação com a vida – procure dentro de si mesmo. Há várias maneiras de fazer essa incursão, mas vou contar um pouco como faz a Google, que é, no mundo,  a empresa que mais faz pela felicidade do seu colaborador.

Busque dentro de você:

A ciência levou muitos anos que chegar à conclusão de que quase metade da nossa felicidade ou bem-estar é explicado pela atitude que temos frente à vida. A maneira como encaramos e interpretamos aquilo que nos acontece, seja bom ou ruim. Há muito tempo, um analista da Google chamado Chade Meng Tan iniciou um programa interno com o objetivo de permitir e orientar que cada um encontrasse o que busca dentro de si mesmo. Esse programa se chama “Search Inside Yourself“, famoso e que acabou virando uma iniciativa mundial. É também o nome do livro que ele publicou e que foi editado no Brasil com o título “Busque dentro de você”. Recomendo que leia este livro, e você vai chegar à conclusão de que está dentro de você.

Por que ler?

Muitos acreditam que irão encontrar a felicidade no trabalho, na carreira, no dinheiro, no relacionamento amoroso, e acabam se decepcionando. Não é porque não encontraram o trabalho ideal, ou o relacionamento dos sonhos, mas porque deixaram de procurar dentro de si mesmo. Muitos livros e autores nos ensinam como fazer essa travessia, mas Meng faz isso de maneira simples e também consagrada na prática e no cotidiano da mais admirada empresa dos nossos tempos.

A meditação:

Há vários benefícios comprovados da meditação, e há também várias maneiras de se meditar. Um dos maiores benefícios é físico e mental, pois a meditação nos coloca em equilíbrio e harmonia com tudo que nos acontece, com a própria vida. Com o exercício da meditação, apaziguamos o nosso ser animal, aquele quer dominar as nossas emoções, sentimentos e pensamentos, mesmo que lutamos para ter o controle. Dentre todas as maneiras virtuosas de praticar a meditação, vou explicar uma, bem simples, e que resulta em enorme benefício imediato.

A bondade amorosa:

Deseje o bem dos outros. Faça o exercício que aprendi com Chade Meng Tan. É uma forma de meditação chamada de Metta, ou Loving Kindness, ou no nosso idioma, meditação da bondade amorosa.

Se imagine no banco, senha na mão, esperando ser chamada. Olhe para uma pessoa qualquer naquele ambiente. Focando essa pessoa, respire várias vezes de maneira lenta e profunda e mentalize o seguinte pensamento: “desejo que esta pessoa seja feliz”. Faça isso algumas vezes e se tiver mais tempo, mude o foco para outra pessoas. Você pode praticar isso em qualquer ambiente, em qualquer situação. Vai sentir o bem estar tomar conta de você.

O marciano ZAP:

Sharon Salzberg, a famosa autora faz a seguinte recomendação. Imagine um marciano que aparece no seu vagão do metrô, e Zap, fecha o vagão, lacra todo mundo ali, para o resto de suas vidas. Esse será o seu povo, a sua turma para o resto de sua vida.

Diz Sharon:

Queira bem, deseje o bem de todos ali. É o seu povo – para sempre.

Com esse pensamento, toda vez que você se encontrar em um ambiente com várias pessoas, temporariamente confinados, imagine o marciano ZAP, e pratique a medicação da bondade amorosa que já mencionei.

A paz consigo mesmo:

Ame a si mesma, e aceite a vida e a si mesmo com tudo que lhe foi agraciado.

Rubens Sakay

Deseje o seu bem

Deseje o seu bem

Sabemos do bem que nos faz desejar o bem dos outros, mas faça hoje um exercício especial, deseje o seu bem.

É a prática da Metta Meditation, a meditação da bondade amorosa, quando você se coloca em uma atitude serena, em paz e concentra a sua emoção e seu pensamento no amor e na bondade.

Encontre a paz e o conforto nos braços da serenidade

A pessoa que foi capaz de alcançar um estágio de serenidade sabe que é um sentimento de paz incomum. A serenidade um estado profundo de relaxamento no qual a mente adquire clareza dos problemas e das soluções..

A serenidade não é um estado de torpor emocional ou de anestesia, mas uma calma suficiente para enxergar com clareza o nosso caminho.

Clareza para discernir os obstáculos e encontrar maneiras de transpô-los, ou mesmo contorná-los.

Troque a pressa pela calma – vai melhorar o seu dia

Tenha calma.

Não encare a vida como uma maratona sem fim.

Você não precisa resolver tudo hoje. Um dia de cada vez.

Como já comentei aqui, amanhã, você será brindado com outras 24 horas novinhas em folha.

O eu muito escondido.

Vivemos tanto tempo em piloto automático, correndo atrás das prioridades do trabalho, que sequer encontramos consigo mesmo.

O eu fica tão escondido que nem mostra a sua cara durante o dia todo. É lamentável, e temos que consertar isso.

Temos que aprender a se conhecer, e deixar que essa pessoa maravilhosa se revele em tudo que fazemos.

Não tenha medo do que vai encontrar, se aceite por completo, pois a aceitação é condição essencial para mudar aquilo que quer mudar.

Coisas boas que insistem em acontecer.

Por mais pessimista que eu seja, e por pior que seja a situação, as coisas boas insistem em povoar o meu dia.

O sol nasceu maravilhosamente como de costume. O cachorro abanou o rabo ao meu reconhecer, mesmo com todo o meu estresse.

A flor desabrochou e nem deu bola para o futuro negro que tive um lampejo de imaginar.

Sem contar que a comida de casa continua saborosa, e os meus amigos seguem alegres e fraternos.

A química do nosso cérebro.

Deixe que a meditação trabalhe no seu organismo – experimente.

A meditação estimula um processo químico que é favorável à saúde do nosso cérebro, e consequentemente, também para todo o nosso organismo.

No passado, essa conexão era pura especulação, uma vez que a meditação era associada às religiões orientais, e não poderia ser objeto de qualquer refutação ou comprovação científica. Ciência e religião caminhavam separados, e ainda caminham , mas alguma coisa vem mudando.