Luz Posts

Deseje o seu bem

Deseje o seu bem

Sabemos do bem que nos faz desejar o bem dos outros, mas faça hoje um exercício especial, deseje o seu bem.

É a prática da Metta Meditation, a meditação da bondade amorosa, quando você se coloca em uma atitude serena, em paz e concentra a sua emoção e seu pensamento no amor e na bondade.

O que a ciência diz sobre o amor real

O que a ciência diz sobre o amor real

Temos que acreditar e investir no amor real pois ele é tudo de bom. Sabemos hoje dos incontáveis benefícios não só no aspecto social quanto físico e emocional. O amor tem várias fisionomias, e qualquer que seja a sua apresentação, acho que o amor é o máximo. O amor conjugal, fraterno, materno, e principalmente aquele que podemos praticar a todo momento.

O amor é sutil, é uma profunda satisfação quase sem explicação, e não vale a pena tentar explicar, pois a racionalidade não alcança essa sutileza.

O nosso dia a dia é uma correria, onde a expressão dos sentimentos é quase uma coleção de pequenos fragmentos. Mas sei que experimentar alguns momentos de amor profundo te permite ir e vir na profundeza do seu eu. É como ir lá no fundo beber um pouco da energia para subir e seguir conduzindo a vida de forma mais leve e revigorada.

Amor real

Diz Dr. Greg Baer, um médico que escreve sobre o tema amor, que o amor real, o amor genuíno, é aquele que quer a felicidade do outro sem esperar qualquer coisa em troca. O amor é uma profunda expressão

Traga a luz para transformar a escuridão

Traga a luz para transformar a escuridão

Na nossa caminhada, passamos por trechos iluminados e confortáveis e outros sombrios e amedrontantes, e para estes últimos, temos que carregar a luz para amenizar as sombras, para transformá-los em experiências positivas.

Não deixe que a negatividade domine os seus pensamentos e atitudes. Sempre que tiver em dificuldades, na adversidade, pense em trazer a luz para iluminar os seus pensamentos e as suas ações.

Muitas coisas obscurecem a nossa visão, a raiva, os ressentimentos, a inveja, a culpa e o desejo de vingança.

Trazer a luz significa iluminar essas coisas obscuras, deixando mais claro o caminho, as decisões, as alternativas e soluções.

Em meio à escuridão, não enxergamos por onde caminhamos, não percebemos os obstáculos e sequer dominamos os nossos próprios movimentos.

Carregue a luz por onde caminhar

Carregue a luz por onde caminhar

Não caminhe no escuro e carregue sempre consigo essa luz que te ilumina.

A luz que temos dentro de si, o nosso lado humano, é como uma vela que carregamos ao caminhar em um ambiente totalmente escuro, e sabemos que a vida pode nos colocar em situações obscuras e estranhas.

A luz no seu caminho.

O caminho pode se fazer escuro, e sempre imaginamos uma luz chegando para dar segurança aos nossos passos.

Temos muitas dúvidas e especialmente quando estamos em dificuldades, as escolhas não parecem tão evidentes e diretas. Tememos as consequências, levantamos dúvidas se as coisas irão mesmo acontecer.

É bom ter sempre uma fonte de iluminação, uma crença em uma Força Superior, mas podemos também lançar mão de outro recurso valioso. Quando ajudamos o outro, acendendo uma luz para ele, e essa mesma luz vai iluminar o nosso caminho, disse Buda.

Não desista tão fácil.

Não desista tão fácil dos seus projetos, dos sonhos, dos planos. Nada é fácil e nada cai de bandeja, é preciso persistir, mostrar determinação e apostar em si mesmo.

Defender a sua posição, saiba que um pequeno avanço é o que é possível no momento, mas um passo adicional pode ser possível amanhã. Um passo de cada vez, com muita força de vontade.

Siga em frente, a despeito do medo. O medo nos trouxe até aqui em 60 milhões de anos de evolução, mas ele pode se mostrar desproporcional ao ambiente que vivemos hoje. Nem tudo que tememos hoje, vai se mostrar concreto e razoável amanhã.

O caos familiar.

Estamos sujeitos a enfrentar o caos familiar, por mais que tenhamos nos empenhado, as coisas podem virar do avesso.

Isso pode acontecer por muitos motivos, uma separação, dependência química, alcoolismo, desemprego, ciúme doentio, delinquência e outros tantos fenômenos que podem ameaçar o convívio saudável.

Você deve ter em conta que nada é definitivo, e sempre é possível fazer alguma coisa.

No entanto, não assuma para si toda a responsabilidade – você não é a super-mulher.