Luta Posts

Não adie seus projetos esperando pelas condições ideais

Não adie seus projetos esperando pelas condições ideais

Somos muito perfeccionistas e esperamos pelas melhores condições para realizar nossos projetos, mas as condições ideais podem nunca ocorrer. Não espere tanto para agir, para realizar.

O ótimo é inimigo do bom, como observou o pensador Voltaire.

Quando esperamos e admitimos somente o ideal, perdemos muito do bom da vida.

Queremos a excelência, a qualidade, a quase perfeição, isso é verdade, mas queremos também que as coisas aconteçam num prazo adequado e que satisfaça o propósito projetado.

Dustin Wax no seu famoso blog Stepcase Lifehack comenta sobre como reconhecer quando está bom o suficente.

Os maiores obstáculos à felicidade

Os maiores obstáculos à felicidade

Falo muito dos obstáculos à felicidade, e tenho um material que está se transformando num futuro e-Book que devo disponibilizar gratuitamente. Leio muito sobre o que outros especialistas apontam como obstáculos, e recentemente ao ler uma postagem no blog budista – find happiness. Aprendi que um obstáculo à felicidade é enxergar apenas o problema em si, sem perceber que o maior problema está na nossa mente, na maneira como vemos as coisas. Isso é sem dúvida o principal insumo para a ruminação interminável que frequentemente fazemos quando estamos enfrentando um problema em particular.

Pense no sucesso e trabalhe para tê-lo com mais frequência

Pense no sucesso e trabalhe para tê-lo com mais frequência

Pense no seu sucesso, no significado que ele tem para você.

Numa oportunidade, eu coloquei meu terno chique, dirigi 400 km para disputar um concurso local de karaokê. Na minha categoria, com três candidatos, fiquei em terceiro lugar. Para mim foi um sucesso, pois aproveitei toda a preparação, o reencontro com os amigos, a confraternização. Enfim, a colocação fracativa não foi motivo para tirar o brilho da experiência.

O sucesso conduz à felicidade ou a felicidade conduz ao sucesso?

De novo a história do ovo e da galinha.

O esforço que tem feito

O esforço que tem feito

A vida é uma luta diária, e só você sabe o esforço que tem feito. Olhe para trás e reconheça o duro que tem dado, e a dedicação com que tem encarado a vida.

Avalie honestamente o quanto já conseguiu sob todos os aspectos, sem deixar fora da lista as pequenas conquistas, especialmente aquelas que não agregaram qualquer ganho financeiro, mas puderam ajudar as outras pessoas.

Conseguir um adequado conforto físico exige recursos financeiros, que por sua vez exige uma labuta diária no emprego, no estudo, na especialização, nos projetos e nas promoções.

Alguns conseguem

Preste atenção nas pessoas que conseguem fazer coisas, realizar os projetos e ultrapassar as barreiras impostas. Não são os mais inteligentes e nem se destacam na capacidade quando comparados com os demais.

O que diferencia uma pessoa bem sucedida dos outros é a determinação, a força de vontade que parece inesgotável.

Podemos até achar que elas são sortudas e não tiveram que enfrentar dificuldades severas, mas nem isso é verdade, pois todos enfrentam problemas e encontram barreiras enormes nos seus projetos.

Esforço recompensado

O esforço é recompensado na maioria das vezes. Pode levar tempo, mas o resultado vai acontecer.

Seja num mar calmo ou mar revolto, coloque o seu foco na direção correta, e continue remando. Não perdemos nada por perseverar, resistir às intempéries.

Não deixe que pequenas dificuldades tirem a sua atenção, e não se deixe desanimar quando alguma coisa dá errado.

Não pare para culpar, se culpar ou praguejar contra quem quer que seja. É tempo desperdiçado, e você vai perceber isso muito rapidamente.

Ao seu alcance

Coloque os seus objetivos ao seu alcance, e conjugue suas ações e iniciativas voltadas para tais objetivos.

Quando imaginamos os objetivos ao nosso alcance, não significa que vamos atingir, pois podemos agir no sentido contrário, ações equivocadas, falta de empenho e dedicação.

Quando colocamos as metas fora do nosso alcance, nos desanimamos de cara, e acabamos não atingindo nem mesmo os pontos intermediários, no fim, é a receita para a estagnação.

Temos que manter o senso de maestria, sentir que estamos realizando, que estamos chegando a algum lugar.