Lágrimas Posts

As lágrimas

As lágrimas

As lágrimas têm um poder purificador que não devemos negligenciar.

Quando vem, é difícil conter.

Se parece com um copo d’água que simplesmente transbordou.

Pode ser o alívio de algo que chegou ao limite.

Pode ser um tônico psicológico e emocional ou ainda a transpiração das emoções.

É saudável chorar de emoção.

Chorar e deixar sair a emoção é parte da natureza humana.

Lágrimas fazem parte do romantismo das músicas, estão presentes em rituais e cerimônias, sejam alegres ou tristes.

Homens não choram, mulheres não discordam

Aprendemos desde pequenos alguns estereótipos que nos limitam, e que exigem uma desprogramação mental para nos livrarmos deles.

Meninos e meninas são programados de maneiras diferentes. Enquanto nós somos criados para sermos machos, duros e fortes diante das adversidades, as meninas são educadas para serem mais cordatas e tanto uns quanto outros lutam com tais limitações à medida que a vida real se descortina.

Os homens aprendem que podem sentir a dor, mostrar emoção e chorar, e principalmente reconhecer que sofrem e sentem insegurança quando a coisa pega feio.

Somos iguais no sofrimento.

Os homens são iguais no sofrimento, e por isso, a maior virtude é o exercício da compaixão.

Sentir a dor do outro e ter uma urgência de fazer alguma coisa para que essa dor cesse, é a experiência da compaixão.

Essa cultura do materialismo, status e correria sem limites em cima de uma esteira hedônica, nos leva a crer que podemos ser superior em alguma coisa. Adquirimos o costume de olhar os outros de cima para baixo, mas tudo isso é uma ilusão.

Não se esqueça.

Não se esqueça da pessoa que tem dentro de si.

Se cuide com carinho, não se agrida e tampouco se deixe contaminar, se estragar pelos acontecimentos negativos.

Toda vez que sentir a raiva te dominar, pronta para te envenenar, pense no cuidado que tem que ter consigo, e se acalme, não deixe entornar o caldo.

Pessoas do convívio que se vão.

As pessoas nos deixam uma hora ou outra, e isso também vai acontecer conosco.

É uma dor imensa a partida de entes queridos, mas temos que entender o caminho iluminado que seguem.

Cada um tem a vida iluminada que lhe foi reservada.

Influímos na vida dos outros e assim mesmo somos influenciados.

Quando nos lembramos dos amigos que partiram, logo vêm na memória as lições que aprendemos juntos, e aquelas que eles nos ensinaram, a despeito da nossa cabeça cura e teimosa.

Substituindo o ódio.

Nos parece evidente e razoável que temos que substituir o ódio pelo amor.

No entanto, praticar assim dessa maneira, reconheço, é bastante difícil.

Tudo aquilo que pensamos e racionalizamos, não desejar o mal, não revidar, não guardar ressentimentos, na hora dos incidentes, os pensamentos negativos acodem a nossa mente, e acabamos agindo diferente.

Temos que levar a vida mais leve, livres de tantos pensamentos negativos, liberados de tanta carga desnecessária.

O poder purificador das lágrimas.

Quando vem, é difícil conter.

Se parece com um copo d’água que simplesmente transbordou.

Pode ser o alívio de algo que chegou ao limite.

Pode ser um tônico psicológico e emocional ou ainda  a transpiração das emoções.

É saudável chorar de emoção.

As lágrimas fazem parte da natureza humana.

Lágrimas fazem parte do romantismo das músicas, estão presentes em rituais e cerimônias, sejam alegres ou tristes.

As lágrima nos dão alívio e ajudam-nos a suportar as perdas.

Elas ilustram o relacionamento, e tem significado diferente com acontecem na frente de uma única pessoa ou na frente de várias.

A maioria das vezes as lágrimas são dirigidas aos outros – buscamos apoio, suporte e empatia, e a resposta dos outros às nossas lágrimas é importante.

O artigo abaixo do New York Times aborda as lágrimas de maneira interessante.

http://www.nytimes.com/2009/02/03/health/03mind.html

Homem também chora.

Se reprimimos e contemos o choro é como se enterrássemos vivos os sentimentos, o que acaba fazendo mal.

Quando as lágrimas caem, e sinal que o organismo relaxou em relação ao stress e a perda, e o choro acontece naturalmente.

Às vezes é como se os pensamentos confusos se congelassem para que o alívio pelas lágrimas se processasse.

É natural, é um alívio, e faz bem.

Beco