Indignação Posts

Substituindo o ódio.

Nos parece evidente e razoável que temos que substituir o ódio pelo amor.

No entanto, praticar assim dessa maneira, reconheço, é bastante difícil.

Tudo aquilo que pensamos e racionalizamos, não desejar o mal, não revidar, não guardar ressentimentos, na hora dos incidentes, os pensamentos negativos acodem a nossa mente, e acabamos agindo diferente.

Temos que levar a vida mais leve, livres de tantos pensamentos negativos, liberados de tanta carga desnecessária.

Não é justo.

Não é justo. Será que eu vou ter que aguentar isso tudo sozinho?

O mundo não é justo.

Devo parar de reclamar da vida e aceitar que o mundo é isso aí, e a vida é como ela é.

Não é conformismo e nem resignação, pois não vou abaixar a cabeça em nenhum momento e nem vou me fazer capacho.

Sei que quando penso que tudo está errado, e a minha expectativa da vida foram todas frustradas, estou assumindo a atitude de perdedor.

Irritado por tão pouco.

Às vezes nem sei o que está me incomodando tanto.

Qualquer coisa, pequena ou grande me tira do sério.

Os nervos ficam à flor da pele.

Qual é a causa?

O que está provocando tanta irritação?

Ressentimentos e retaliações.

Parece que uma coisa convida a outra. Ficamos magoados e logo pensamos na desforra na vingança. Queremos dar o troco.

Funciona como se estivéssemos insatisfeitos com a doçura da vida e colocamos logo uma coisa amarga na boca.

Ficamos com esse gosto amargo nos incomodando, nos corroendo e somos incapazes de cuspir.

Temos que desistir desse comportamento autodestrutivo.

O mundo já tem maldade de sobra e não precisamos contribuir para encher esse balde.

Indignação com Deus.

Há momentos em que a dor é indescritível, a perda irreparável de um familiar próximo, uma separação, uma doença incurável dentre outras situações.

Mesmo sendo pessoas espiritualmente enriquecidas, pode ser inevitável sentir uma raiva incontida, um desconforto enorme, e até uma indignação com Deus.

Não se preocupe, Deus vai te entender.

Um coisa que aprendi e procuro praticar para não me esquecer, é o exercício da compaixão. E procuro fazer sempre para fazer melhor a cada dia.

Amizades perfeitas não existem.

Não cobre demais dos amigos.

Sabemos que as boas amizades estão aí para o que der e vier, mas as pessoas não são perfeitas, assim somos nós.

Cobrar a perfeição de quem quer que seja é uma receita boa para a insatisfação e infelicidade.

Fazer muitas cobranças vai afastar os amigos do seu convívio. Aja leve, seja leve.

A boa amizade é aquela sem muitas cobranças.