Futuro Posts

Perdoe o seu passado e acredite no futuro

Perdoe o seu passado e acredite no futuro

A vida nos ensina um mundo de coisas e somos hoje melhores que fomos no passado, mais experientes, mais flexíveis e mais capazes. Quando olhamos para os nossos fracassos do passado às vezes nos julgamos com o olhar do presente. Esquecemos que éramos jovens em intensa aprendizagem e os erros só nos fortaleceram, nos capacitaram.

Assim como aceitamos os atos dos adolescentes e jovens de hoje, devemos perdoar o eu mais jovem, e aceitar que ele já aprendeu a lição.

Perdoe o jovem adolescente que foi você. 

Se imagine no futuro e escreva uma carta para você mesmo

Se imagine no futuro e escreva uma carta para você mesmo

Sempre digo que o melhor conselheiro para você é você mesmo

Uma experiência fantástica que pratico, e que tenho recomendado para muitos amigos e familiares. É escrever para si mesmo em épocas diferentes.

Quando completei 50 anos, escrevi uma carta do futuro – eu com 80 anos escrevendo para mim mesmo no presente.

3 dicas para deixar de ser escravo de seus desejos

3 dicas para deixar de ser escravo de seus desejos

O nosso cérebro ancestral nos brinda com desejos sem fim, e temos que ter um cuidado enorme para não sermos presas fáceis, escravos dos desejos, muitos deles inapropriados, pouco saudáveis e até proibidos.

Tem gente que quer abraçar o mundo, dominar tudo, comprar tudo, fazer tudo. Será que são felizes?

O desejo é insaciável e aprendi que a felicidade não está em ter muito, mas sim precisar de pouco.

Calibrar o seu desejo é muito importante para usufruir e se satisfazer com aquilo que já tem.

Uma carta que mudou minha vida e você pode receber

Uma carta que mudou minha vida e você pode receber

Quero trazer uma reflexão sobre uma carta que mudou minha vida para sempre.

Temos que refletir seguidamente se estamos fazendo as escolhas certas, decidindo o que é melhor para nós mesmos.

Este caminho está te levando para o seu destino desejado?

Se não, faça uma reflexão do que deve fazer para que o seu caminhar seja mais consistente e tenha um significado verdadeiro.

Mesmo que não consiga mudar nada agora, só de pensar um pouco, você se sentirá mais na direção de onde quer chegar.

Uma pergunta que pode mudar a sua vida

Uma pergunta que pode mudar a sua vida

Uma lição valiosa que aprendi sobre uma pergunta que pode mudar a sua vida e vou compartilhar.

Temos muitas dúvidas sobre as nossas ações, decisões e escolhas que fazemos todos os dias.

Será que estamos fazendo a coisa certa? A decisão é adequada? Estamos fazendo a melhor escolha?

Aprendi que estas reflexões são boas, mas a pergunta que se sobrepõe a todas elas, e que se aprendermos a formulá-la. Ela pode efetivamente mudar a nossa vida é uma completamente diferente.

Se você pudesse escolher, como seria o mundo em que gostaria de viver?

Se você pudesse escolher, como seria o mundo em que gostaria de viver?

Pense no mundo ideal, aquele que seria a sua melhor escolha de um lugar para viver.

Imagine os detalhes, as pessoas, as circunstâncias, as oportunidades.

Se você pudesse iniciar o dia, preenchendo com as coisas que gostaria que acontecesse.

Se o poder para decidir quais oportunidades cruzariam a sua vida estivesse contigo.

Se você tivesse o poder de influir para que as suas experiências se ajustassem às suas expectativas – quais seriam estas?

De fato, e de direito, você tem todo esse poder. A realidade se adapta em grande parte àquilo que desejamos, desde que a nossa atitude se alinhe aos sonhos e ambos às ações empreendidas, é o quem usam chamar de estreita ressonância.

O foco no lado positivo da vida melhora até o cérebro do seu filho

O foco no lado positivo da vida melhora até o cérebro do seu filho

Não foi dessa vez. Da próxima vez vai dar certo – vou fazer melhor – vou corrigir o que fiz de errado.

Não só pense positivamente, mas aja positivamente e fale positivamente.

Utilize palavras que te impulsionem para frente ao invés de te amarrar nos resultados fracassados.

Seja otimista – aprenda a ser otimista. Isso é possível, segundo o Professor Seligman, que assim escreve no livro – Aprenda a ser Otimista.