Equilíbrio Posts

Tentando resolver os problemas que já foram resolvidos

Tentando resolver os problemas que já foram resolvidos

Os problemas tendem a ocupar a nossa mente mesmo quando já foram resolvidos.

Isso acontece por várias razões. Podemos não estar plenamente confiantes com a solução dada, a escolha feita ou o encaminhamento dado ao problema e com isso, mesmo depois de resolvermos o problema, ele fica retornando continuamente à nossa mente. Também, quando não aceitamos a solução dada, ficamos matutando em outra solução, mesmo que a solução seja irreversível, e isso se torna também uma ruminação sem fim.

Ocupar a mente com os problemas é a nossa vida, afinal, temos tantos problemas a resolver, e a nossa capacidade é colocada à prova constantemente.

O mundo não é justo – mas mesmo assim é bom

O mundo não é justo – mas mesmo assim é bom

O mundo pode não ser justo, mas ainda vale a pena viver, usufruindo com alegria tudo que nos é presenteado.

As dificuldades são muitas, eu sei, mas não se faça de vítima. Não faça cara de coitado.

A coisa acontece, e é preciso ter tranqüilidade para lidar com resultados indesejáveis, fracassos, golpe baixo e tudo o mais.

Coisas ruins acontecem com pessoas boas, honestas e dedicadas também.

O único abrigo para seu espírito

O único abrigo para seu espírito

Há momentos que nos sentimos sobrecarregados e não sabemos se temos que trabalhar mais, descansar, procurar ajuda. Todo mundo tem momentos em que deseja encontrar um oásis espiritual.

E isso acontece quando nos sentimos no deserto espiritual, esgotados, estressados, ressentidos com alguma coisa, magoados, e até com raiva do mundo.

As coisas não saem como planejado e as pessoas tampouco se comportam como você havia imaginado.

O seu desempenho também é uma decepção – eu poderia ter feito melhor – faltou pouco, mas não consegui.

A vida é boa e temos que aceitá-la por inteiro

A vida é boa e temos que aceitá-la por inteiro

Podemos até reclamar de algumas passagens, mas a vida é boa, e temos que aceitá-la por inteiro.

A vida é um pacote completo.

Coisas boas acontecem, mas coisas não tão boas acontecem também.

Temos dificuldades, mas também encontramos ajuda e iluminação quando mais precisamos.

A aceitação da vida por inteiro é fundamental para a busca da felicidade.

Minhas dicas sobre “Equilíbrio Vital” na Exame

Minhas dicas sobre “Equilíbrio Vital” na Exame

Antigamente, quando falávamos em trabalho era mais comum associá-lo à tristeza, hoje as pessoas sabem que podem e devem encontrar felicidade no trabalho também, bem como em todas as outras áreas da nossa vida. É com a proposta de levar conhecimentos que possam ajudar nesta busca que eu, em parceria com o médico psiquiatra, coach e consultor Frederico Porto estreamos o blog Equilíbrio Vital no site da Revista Exame.

Para complementar, inauguramos um canal no Youtube com o mesmo nome. Eu convido-o a ver o primeiro vídeo abaixo e a ler o texto (aqui). Tenho certeza de que aquilo que transmitirmos para você vai ajudá-lo a ter mais qualidade de vida. Se tiver alguma sugestão de tema fique a vontade para sugerir no campo de comentários.

Rubens Sakay (O Beco)

 

 

Não se esconda no trabalho

Não se esconda no trabalho

Evite se refugiar no trabalho, e não faça da vida profissional uma desculpa para não saborear a vida pessoal.

Acorde para a sua vida pessoal. O trabalho dá o sustento e nos proporciona o conforto tão desejado, mas não faça do trabalho o seu esconderijo.  Isso fatalmente leva ao stress e ao desgaste dos seus relacionamentos.

Muita gente se dedica doentiamente ao trabalho, chegando cedo, saindo tarde fazendo hora extra e levando trabalho para casa. Isso pode ser um sinal de problemas nos relacionamentos pessoais. Desperte para esse ponto. Procure um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Estabeleça prioridades e não se perca nas tantas frentes de aprimoramento profissional.

Em paz com o passado

Em paz com o passado

Aceite o seu passado, e pare de brigar com ele como se ele fosse o culpado por tudo que você vive hoje.

O passado é imutável, mas a sua atitude em relação ao ocorrido pode ser repensado. Não sinta vergonha nem arrependimento de nada do que viveu, isso não vai mudar o passado e não vai melhorar o seu futuro.

Aceite a sua vida em tudo que passou e siga em frente, e não deixe que ele funcione como uma pedra amarrada ao seu calcanhar.

Não fique pensando que algo poderia não ter ocorrido. Não deseje voltar o tempo e mudar tudo. Não fique em conflito constante com o seu passado, pois ele é parte da sua vida, e aceitá-lo e aceitar a si mesmo.