egoísmo Posts

5 dicas para criar filhos mais generosos

5 dicas para criar filhos mais generosos

Todos nós temos a noção de que devemos criar filhos mais completos, que sejam capazes, não só de realizar feitos destacados, carreira promissoras. Queremos ainda que sejam altruístas, generosos e queridos pela sua própria comunidade.

Como podemos ajudar para que eles se desenvolvam dessa maneira?

Vários estudos científicos mostram que as crianças trazem intrinsecamente a característica generosa. No entanto, a criação e a sociedade hedônica, as comparações, podem prejudicar o desenvolvimento da criança nesse sentido.

Pontos em comum.

Procure os pontos em comum que tem com a outra pessoa. Olhe com curiosidade para os mesmos interesses e estabeleça uma conexão a partir daí. O desenvolvimento da valiosa virtude da compaixão se inicia com a percepção de que somos iguais, desfrutamos da mesma experiência humana, seja ela boa ou ruim.

Há sólidos registros de que a sociedade americana apresentou índices maiores de compaixão depois do atentado de 11 de setembro, e isso normalmente acontece quando nos defrontamos com dificuldades, vivemos crises ou mesmo desastres.

A busca de pontos em comum nos impulsiona para a solidariedade, e de maneira mais profunda, a compaixão.

Mas não precisamos viver uma crise pessoal para buscar a compaixão. Podemos exercitar mesmo em tempos de calmaria.

Menos em você, mas não menos de você.

Já comentei outro dia que humildade não é humilhação.

Pense menos em você, mas nunca menos de você. Seja humilde e coloque os outros em destaque, cuide dos outros, mas sem se descuidar de você mesmo. Não pense menos de você, não se diminua, não se desvalorize, não se coloque por baixo.

É bastante possível exercitar a humildade com nobreza, com compaixão, com misericórdia, sem ser arrogante, ou mesmo se desmerecendo.

Quando olhamos mais pelos outros, exercitamos a generosidade, a afeição, a compaixão, e tudo isso nos coloca para cima, são virtudes que nos nutrem, nos tornam mais fortes, melhores pessoas.

Fazer um pouco mais.

Um pouco mais pode ser a explicação para muitos sucessos.

As pessoas desistem rapidamente quando acham que já tentaram o suficiente, mas as pessoas bem sucedidas simplesmente continuaram mais um pouco, persistiram e consequentemente chegaram a algum lugar.

Faça a diferença, e aproveitando que você está com a mão na massa, e em movimento, não custa muito ir um pouco além. No final, aquele pequeno esforço adicional faz a diferença.

Sinta que fez mais, deu o seu melhor e fique satisfeito com o seu desempenho, mesmo quando os resultados não confirmam o seu empenho.

A luz no seu caminho.

O caminho pode se fazer escuro, e sempre imaginamos uma luz chegando para dar segurança aos nossos passos.

Temos muitas dúvidas e especialmente quando estamos em dificuldades, as escolhas não parecem tão evidentes e diretas. Tememos as consequências, levantamos dúvidas se as coisas irão mesmo acontecer.

É bom ter sempre uma fonte de iluminação, uma crença em uma Força Superior, mas podemos também lançar mão de outro recurso valioso. Quando ajudamos o outro, acendendo uma luz para ele, e essa mesma luz vai iluminar o nosso caminho, disse Buda.